top of page

Álvaro vai escolher melhor para Natal, diz Paulinho

A sucessão na Prefeitura do Natal segue como um dos principais temas no meio político nos primeiros meses de 2023. Enquanto o prefeito de Natal, Álvaro Dias (Republicanos), define somente quem são os possíveis candidatos que não terão seu apoio, a maior dúvida é sobre quem reunirá mais condições para ser o indicado da base aliada na disputa. Cotado para a vaga, o deputado federal Paulinho Freire (União Brasil), apesar de falar que a discussão sobre nomes ainda é prematura, já disse alguns pré-requisitos que deverão ser levados em consideração na escolha do prefeito, que não poderá disputar a reeleição.


Paulinho Freire (E) mantém relação próxima com Álvaro Dias e confia em escolha do prefeito / Elpidio Júnior


Prestigiando presencialmente a leitura da mensagem anual do prefeito na Câmara Municipal de Natal, Paulinho Freire disse que seu foco tem sido o exercício do primeiro mandato no Congresso Nacional. Para ele, ainda não é o momento de se tratar abertamente sobre o tema. "É muito cedo para qualquer discussão nesse sentido. Estou focado em fazer um bom mandato. Tenho recebido vários prefeitos do Estado, a minha intenção é ajudar aos municípios. Para isso, estamos trabalhando com o nosso líder do partido na Câmara Federal, Elmar Nascimento (União-BA), para que ele possa forçar o Governo Federal a dizer qual vai ser a política do governo para os municípios, já que o governo anterior, dito pelos próprios prefeitos, foi um dos melhores nesses dois últimos anos para os municípios", disse o deputado.


Paulinho Freire disse que é importante que exista a continuidade das ações que já foram iniciadas nas cidades. "A gente não pode perder essa oportunidade para os municípios, porque várias obras foram feitas e iniciadas para ampliação e construção de hospitais, construção de UPAs e aquisição de máquinas para que possam fazer corte de terra", disse. "É isso que nós estamos preocupados agora, como é que nós vamos direcionar o nosso mandato, para que a gente possa ajudar o Rio Grande do Norte e ajudar também ao Brasil".


Contudo, diante da insistência em se saber dele um posicionamento político com relação à sucessão municipal, Paulinho Freire declarou que antes de ser um aliado político do prefeito Álvaro Dias, é amigo do prefeito de Natal desde que ele ocupava outras funções públicas. "Convivi com ele a minha vida toda e votei nele. Votei para deputado estadual, votei para deputado federal e votei para prefeito. Então, antes de qualquer coisa, temos uma afinidade antiga e eu prezo muito pelas minhas amizades", ressaltou Paulinho Freire.


A respeito da indagação de que não seria surpresa caso Álvaro Dias decidisse apoiá-lo à sua sucessão nas eleições 2024, Paulinho Freire disse que o nome a ser escolhido precisa ter afinidade com o pensamento do atual gestor, mas que não é o momento para se pressionar o chefe do Executivo para uma decisão a esse respeito. "O prefeito tem que escolher o melhor nome para ele e pra Natal, sem pressão nenhuma. Ele tem que analisar e ver qual vai ser o melhor nome para cidade de Natal, uma pessoa em quem ele possa confiar, que possa ser aliado dele. Então, é isso que eu acho que ele vai analisar na hora de escolher quem ele vai apoiar".


Posicionamento


Na quarta-feira, Álvaro Dias chegou a falar sobre a sucessão e também sobre 2026. O prefeito de Natal confirmou que tem acordo com o senador Rogério Marinho (PL) para disputar o Governo do Estado ou o Senado Federal, desde que tenha boa avaliação e aceitação por parte do eleitorado. Já sobre a sucessão em Natal, ele disse que não seria prudente tratar sobre os possíveis nomes para apoiar, já que poderia prejudicar a própria gestão. Contudo, Álvaro disse quem provavelmente não terá seu apoio em 2024.


Em entrevista a 96 FM, Álvaro Dias disse que não vê possibilidade de apoiar a candidatura da deputada federal Natália Bonavides, que se lançou à disputa na semana passada, assim como também não vê reais chances de estar ao lado do ex-aliado Carlos Eduardo (PDT). “Ele foi convidado a ser (candidato a) governador, mas preferiu se unir ao grupo adversário”, disse o prefeito, em referência à candidato de Carlos Eduardo ao Senado com apoio da governadora Fátima Bezerra (PT).






Com informações da Tribuna do Norte.

11 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page