top of page

ABC precisa de vitória 'a qualquer custo' em Natal

Interromper uma série desastrosa, vencer o Sampaio Corrêa e tentar iniciar a tão prometida e sonhada reação na luta contra o rebaixamento. Essa é a missão do ABC para o confronto deste sábado, no Frasqueirão, no primeiro dos quatro confrontos considerados importantíssimos para o representante potiguar. A partida tem o início marcado para às 17 horas. O treinador Allan Aal, que elogiou o comportamento do grupo diante do Botafogo de Ribeirão Preto-SP, não deve promover alterações na equipe.



Meia Thonny Anderson, à direita, só poderá voltar a atuar quando quitar a multa de R$ 40 mil estabelecida em julgamento no STJD / Rennê Carvalho/ABC F.C


O ABC ainda não poderá contar com o lateral Alemão, que trata uma contusão no joelho, mas entrou em fase de transição, além do também lateral Jefinho e o atacante Wallyson, com lesões musculares na coxa.


Sobre o possível aproveitamento do meia Thonny Anderson, que voltou a treinar com o grupo, a informação é que o atleta só poderá voltar a atuar depois de quitar a multa de R$ 40 mil estabelecida pelo STJD, para quem o atleta abecedista participou de forma indireta do esquema das apostas. O julgamento foi realizado no dia 9 de agosto e até aqui não houve sequer rumores da quitação do tributo.

Mesmo com todos os números mostrando que a missão do ABC no Brasileiro está quase figurando no campo das tarefas impossíveis, ninguém dentro do clube deixa se render às evidências por um motivo muito simples: a equipe continua dependendo apenas de suas forças para se salvar. Então esse vem sendo o discurso utilizado tanto pela comissão técnica, quanto pelos atletas.

O lateral-esquerda Romário falou da pressão e como o grupo vem administrando toda essa situação, garantindo que mesmo sem vencer há dez rodadas, o lado psicológico do grupo não foi abalado. Porém ele não nega que o jejum provoca uma espécie de incômodo ao grupo. “É um fator que incomoda bastante uma equipe como o ABC, que é um dos gigantes nordestinos e não pode ter uma sequência tão negativa. Os atletas que estão no elenco foram vencedores em diversos clubes que passaram e não podemos ficar tanto tempo sem vencer”, reforçou Romário.


Romário ressalta que o ABC chegou num determinado ponto do Brasileiro, que não tem como escolher aquilo que pode ser considerado um bom resultado, frente a certos tipos de adversários e que só o que irá contar daqui por diante serão as vitórias. As próximas rodadas serão determinantes para o futuro da equipe porque o ABC estará frente a frente com adversários que comungam de desespero idêntico ao seu e ainda podem ser alcançados na tabela.

“Nós pensamos na única possibilidade de manter o ABC na Série B, enquanto a matemática apontar que o clube depende apenas dos nossos próprios esforços para sair dessa situação, iremos trabalhar com esse objetivo, pois não temos outra opção. Essa partida contra o Sampaio Corrêa é primordial para que possamos iniciar a tão esperada reação, são duas equipes que, neste momento, lutam para sair de uma situação incômoda”, ressaltou.


Quanto ao problema enfrentado pelo Alvinegro em furar o sistema defensivo dos adversários, o atleta acredita que isso pode ser apontado como um dos efeitos nocivos pela falta de vitórias, uma questão que vem minando a confiança do elenco.

“Nós estamos numa situação complicada, mas não temos nada a perder e precisamos arriscar mais. Tenho falado com os meus companheiros que a falta de confiança vem abalando o nosso sistema ofensivo, uma vez que não estamos nos permitindo arriscar nos chutes, justamente pelo medo de errar. Então chegou a hora de mostrar mais ímpeto dentro de campo para trazer os torcedores para o nosso lado, só faz gol quem arrisca”, frisou.


Abrindo a zona de rebaixamento, a equipe maranhense também vem de um longo jejum, ela não vence há nove rodadas, ou desde o dia 8 de julho e também tem como meta acabar com o jejum.

“Nós iremos para um confronto direto, muito decisivo, contra o ABC. É um jogo importantíssimo, onde as duas equipes estão necessitando demais da vitória e não será um jogo fácil. A gente tem que tá preparado para sair de lá com o melhor resultado. A gente tem que procurar vencê-los lá. Seria muito importante para a gente no campeonato”, disse o goleiro Thiago Braga, que substitui Luiz Daniel, que era o titular da posição, se lesionou e vai para a segunda partida sem atuar.


Durante o período sem vencer, o Sampaio Corrêa conseguiu acumular sete empates e duas derrotas, já o time potiguar perdeu cinco jogos e empatou o restante.



Tribuna do Norte.

1 visualização0 comentário

Comentarios


bottom of page