top of page

ABC terá baixas, retornos e estreia contra o Potiguar



Depois de vencer mais um clássico, o ABC volta a campo pelo Campeonato Estadual para encarar o Potiguar, em jogo adiado da quarta rodada da segunda fase e que terá caráter decisivo para o Potiguar, que após arrancar um importante ponto do América, vai tentar surpreender o Alvinegro no Frasqueirão, para continuar vivo na luta para chegar no final da competição. Com o elenco muito cansado, o treinador Fernando Marchiori, espera mais uma jornada de superação do grupo que, em caso de vitória, garante vaga para disputar mais um título estadual. O confronto tem o início previsto para às 20 horas.


Com alguns problemas para escalar a equipe, quem vive a expectativa de estrear é o novo zagueiro Luiz Gustavo, que apesar de estar há um mês sem participar de um jogo oficial, mesmo ciente de que não está nas condições ideias, se colocou à disposição do comandante abecedista para enfrentar os mossoroenses.


A boa notícia é que Marchiori já terá condições de contar com os laterais Márcio Azevedo e Daniel Vançan, além do zagueiro Afonso, que estão liberados pelo departamento médico alvinegro. Porém, a lista de quem não estará à disposição ainda é grande.


Na partida do último domingo, o lateral-direita Alemão saiu de campo reclamando de dores na coxa, onde foi constatada uma lesão muscular. O volante Jean Patrick, que também jogou contra o América, sentiu dores musculares e está fora. Além deles, seguem fora o meia Raphael Luz, o volante Gustavo Hebling e o atacante Rafael Silva. O volante Walfrido, que se machucou contra o Náutico, teve lesão grave no joelho e está fora da temporada.


A lista de baixas ainda conta com o meio-campista Matheus Anjos, apontado como um caso delicado pelos médicos. O jogador não atua desde fevereiro e, apesar de já treinar com a equipe, esse tempo longe dos gramados faz com que seja necessária uma recuperação mais cuidadosa para não gerar uma nova lesão. Isso vem obrigando a equipe de fisiologia a realizar uma espécie de nova pré-temporada antes de liberar o atleta.


“Só quem pode definir essa questão se eu vou jogar ou não é o nosso treinador. Faz 30 dias que não participo de uma partida, mas se for necessário estarei pronto para desempenhar o meu papel. Venho me cuidando, mas como esse tempinho que fiquei parado devo sentir um pouco a falta de ritmo, porém se for realmente necessário estarei pronto para ajudar”, ressaltou Luiz Gustavo, o novo reforço abecedista.


Luiz Gustavo chegou em muito boa hora pelo fato de ser um atleta que atua em múltiplas funções. Ele disse que gosta de construir jogadas e que pode atuar tanto no miolo de zaga, quanto nas laterais ou até mesmo como volante.

O atleta ressaltou que não pensou duas vezes para responder ao convite do clube, ele disse que foi atraído pelo trabalho sério que vem sendo realizado pelo clube, a consistência do trabalho técnico e as competições que tem no calendário. “Essa equipe é forte, consistente e vem mostrando excelentes resultados. Então quando surgiu a proposta aceitei logo”, disse.


Com o sonho de disputar a Série A do Brasileirão muito vivo, o ABC trouxe um atleta que já está habituado a comemorar acessos. O primeiro deles aconteceu ainda em 2015, pelo Vitória, quando o clube baiano conquistou a vaga para a Série A. Em 2016, Luiz Gustavo desembarcou em terras catarinenses para buscar a vaga na elite do Brasileirão pelo Avaí. Em 2020, com uma campanha marcante, defendendo as cores do Cuiabá, Luiz foi essencial para que o time, pela primeira vez na sua história, conquistasse a vaga na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. No ano passado, além do acesso, ajudou o Mirassol a conquistar o título da Série C.


O Potiguar terá a difícil missão de tirar a invencibilidade de mais de um ano do ABC, atuando no Frasqueirão. Aos mossoroenses só a vitória interessa e para conquistar seu único objetivo o clube conta com o goleiro Diego Almeida, que estreou no empate por 1 a 1 diante do América na Arena das Dunas, acabando o duelo como figura importante em campo.

“Fico feliz com os elogios e reconhecimento do trabalho. Estrear nunca é fácil, ainda mais fora de casa e contra o América. O time vinha de duas derrotas e precisava pontuar, não conseguimos a vitória, mas conseguimos um ponto importante”, comenta Diego Almeida, que espera outro jogo complicado diante do ABC. “Agora é manter o foco e fazer mais uma ótima apresentação contra o ABC, novamente um jogo muito difícil, sabemos disso. Espero jogar bem novamente, defender a camisa do Potiguar, e contribuir para que possamos voltar de Natal com a vitória”, afirmou.




Com informações da Tribuna do Norte.


9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page