Alagamento na Avenida Ayrton Senna deve continuar com persistência de chuvas, diz secretário


Foto: Magnus Nascimento


O alagamento no cruzamento da Avenida Ayrton Senna com Avenida Alagoas, no bairro de Neópolis, zona Sul de Natal, deve continuar caso haja mais chuvas na cidade, de acordo com o secretário da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra), Carlson Gomes. O prazo anterior era de cinco dias, mas se as chuvas continuarem o tempo deve ser prolongado. O problema é resultado do transbordo da lagoa de captação de Pirangi e persiste devido ao grande volume de chuvas do último fim de semana, além das chuvas da noite de quarta (6) e manhã desta quinta-feira (7).


Uma equipe da Seinfra está no local realizando drenagem através de bombas para tentar resolver a situação. Ainda segundo o secretário, existe um problema do lençol freático. “A lagoa ali, toda a bacia da Lagoinha está saturada. Inclusive é a mesma bacia da Rota do Sol, ali é um problema só”, disse. Desde domingo (3), a região sofre com o grande volume de chuvas, o que tem causado transtornos aos moradores. O local foi isolado pelo pessoal da Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU), sendo assim, o tráfego precisou ser desviado por outras rotas.


O alagamento é extenso, o que deixa os moradores sem saída. Trabalhadores da região sofrem com a grande quantidade de água, e a população potiguar, com o mau tempo, que persiste e traz à tona situações corriqueiras vivenciadas na cidade. Diversos pontos da cidade foram alagados ou sofreram intervenções ainda mais extensas, como é o caso do bairro Felipe Camarão, Zona Oeste, onde cerca de 25 casas precisaram ser interditadas devido a abertura de uma grande cratera. Outras 11 lagoas de captação transbordaram em Natal, sendo elas, Panatis, São Conrado, Esperança, Pajuçara, Xavantes, Soledade, Santarém, Jacaré, Preá, Ponta Negra e Jiqui. As que tiveram problemas mais críticos são Pirangi, Soledade e São Conrado.


INFORMAÇÕES TRIBUNA DO NORTE

15 visualizações0 comentário