top of page

Allan Aal tem mais três peças à disposição para encarar o Criciúma


Foto: Rennê Carvalho/ABC


Em se tratando da partida diante do Criciúma, o treinador Allan Aal já tem garantido três novas opções para montar a equipe do ABC. O lateral-esquerda Romário, o zagueiro Genilson e o volante Jean Martim foram regularizados e estão à disposição. O número pode ser ampliado até o final do expediente desta sexta-feira com as possíveis regularizações dos atacantes Paulo Sérgio e Alex. Já em relação a Evandro, ocorreu um pequeno atraso com a documentação do atleta, que só deve ficar à disposição para o confronto diante do Juventude, marcado para o próximo dia 15.


O supervisor Cleber Romualdo compareceu à sede da Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF) ontem quando realizou uma consulta formal ao departamento de registros da CBF, que na resposta ao clube potiguar esclareceu existir um prazo de até sete dias para a Federação do Sudão enviar a liberação dos atletas com solicitação de registro em outros países.


“Segundo a informação da CBF esse prazo de sete dias é estabelecido pela FIFA e caso não ocorra a liberação dos atletas dentro desse período, a federação internacional promove a liberação de inscrições dos jogadores à revelia”, afirmou o supervisor abecedista.

Levando em consideração que a documentação de Paulo Sérgio e Alex foi enviada para a CBF no último dia 3, quando foi aberta a nova janela de transferência no futebol, os responsáveis pela federação sudanesa terão até o dia dez para atender a solicitação do Alvinegro. Esse prazo acaba no dia 10, o que significa que, na pior das hipóteses, Allan Aal terá todos os seus novos reforços à disposição para encarar o Juventude, no estádio Alfredo Jaconi.


Ainda sem se dar por vencido e disposto a conseguir a liberação a tempo dos atletas poderem estar em campo diante do Criciúma, amanhã, no Frasqueirão, Cleber Romualdo partiu para uma espécie de plano B, contactando amigos próximos de Paulo Sérgio e Alexa, que residem no Sudão, para irem até a federação do país e agilizar o processo de transferência por lá.


Nem a informação de que o clima ainda está tenso no país africano e que os funcionários da federação não estão comparecendo à sede da entidade para trabalhar, faz o ABC desistir de agilizar o processo. Cleber Romualdo ressaltou que já conseguiu realizar a liberação de jogadores do Alvinegro contratados para atuar no exterior trabalhando de casa mesmo. Por isso mantém a confiança de que a situação dos atletas seja resolvida ainda nesta sexta-feira.


Tribuna do Norte

4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page