top of page

América eliminado Copa do Nordeste: técnico diz que "não tem terra arrasada"


Foto: Aílton Cruz/Gazeta de Alagoas


O América-RN acabou derrotado pelo CSA nos pênaltis, neste domingo, e ficou sem a vaga para a fase de grupos da Copa do Nordeste. A eliminação foi lamentada pelo técnico Leandro Sena, que, em entrevista coletiva, lembrou que o Alvirrubro teve as melhores chances do jogo, mas não definiu nos 90 minutos, e criticou o gramado do Estádio Gerson Amaral, em Coruripe.


O comandante rubro também falou sobre o curto espaço de tempo entre os jogos das duas fases da pré-Copa do Nordeste - venceu o Moto Club na quinta-feira e no sábado viajou para Alagoas. Ele sugeriu que a Liga do Nordeste e a CBF possam "rever essa condição". Sem a vaga para a fase de grupos, o clube deixa de arrecadar, no mínimo, R$ 1,2 milhão - valor da cota de participação.


- A gente fica triste por não conseguir a vaga para a Copa do Nordeste, mas eu acho que deveria ser revisto um pouco esse calendário. É cruel você sair de uma pré-temporada e fazer dois jogos decisivos - lamentou.


- Não dá para se lamentar muito. Na quarta-feira a gente já tem a nossa estreia no estadual. É importante que a gente inicie bem, jogando dentro de casa. O que pude passar para os atletas foi dar ânimo a eles - completou.


A estreia será contra o Potyguar de Currais Novos, na Arena América. Mais do que nunca, o Campeonato Potiguar passa a ser prioridade para Sena e seus comandados, já que o título garante a vaga direta para o Nordestão de 2024.


- Se o estadual é o que dá essa condição de você estar disputando uma Copa do Nordeste, uma Copa do Brasil, a gente tem que agarrar com unhas e dentes. Foi isso que passei para os atletas, para que eles possam estar focados, motivados - comentou.

- Não tem terra arrasada. É levantar a moral do meu grupo e que eles possam fazer uma grande estreia - emendou.


Mudanças à vista

Sena usou a mesma escalação contra Moto Club e CSA, mas prevê mudanças para quarta-feira, considerando também a viagem desgastante de volta.


- Se você mexe muito na equipe, acaba descaracterizando. A gente vai procurar dar continuidade, talvez uma ou duas mudanças, temos que avaliar algumas questões de lesões, de cansaço. É ter tranquilidade nesse momento, mas com a cabeça bem focada no estadual. E que a gente possa fazer um grande trabalho, chegando às finais do estadual - concluiu.


Informações GE RN

3 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page