top of page

América está alerta para a decisão contra Pouso Alegre

Figueirense e Volta Redonda, estes foram os dois adversários que o Pouso Alegre, adversário do América no próximo domingo, na Arena das Dunas, conseguiu bater na condição de visitante. Ambos os clubes que hoje se mantêm vivos na luta por uma vaga na segunda fase, quando acabaram surpreendidos pelos mineiros, se encontravam numa fase de oscilação, assim como a que os potiguares vivem atualmente.



Canindé Pereira


Por isso todo cuidado é pouco frente ao traiçoeiro Pouso Alegre, a intenção do treinador Dado Cavalcanti, é passar a realidade do confronto e a dificuldade que o Alvirrubro deve encontrar dentro das quatro linhas. A intenção é evitar o surgimento de qualquer clima de “já ganhou”. Nem o fato de o adversário vir de seis derrotas consecutivas e com uma comissão técnica recém-engajada, para o comandante americano deve ser apontado como ponto favorável ao América.

Como terá de vir atuar em Natal com o instinto de sobrevivência no ponto máximo, uma vez que necessita vencer as partidas das três últimas rodadas para chegar aos 21 pontos e tentar evitar o rebaixamento, o treinador americano está preparando os seus atletas para uma verdadeira decisão.

As duas equipes estão sem margem para erros e a pressão sobre o América, por atuar como mandante, será muito grande. A torcida dá sinais de que vai atender novamente ao chamado dos atletas e já esgotou a lotação do setor Leste da Arena das Dunas. A meta é empurrar o clube desde o primeiro minuto na busca pelos três preciosos pontos que podem servir para tirar a equipe da zona de rebaixamento já ao final dessa 17ª rodada, dependendo de uma combinação de resultados.

O meio-campista Matheuzinho lamenta o fato de a equipe vir patinando na competição, chegando a essa altura do campeonato ameaçada pelo rebaixamento. Mas o atleta salienta que todos têm de virar a chave e pensar apenas nos próximos compromissos. Sem vencer há seis rodadas, os atletas do clube potiguar prometem empenho na luta por dias melhores.

“Os resultados que obtivemos não foram favoráveis, mas ainda dependemos apenas dos nossos esforços. Dos três jogos que temos, necessitamos vencer dois a todo custo e, frente ao Pouso Alegre, a vitória será essencial para o nosso grupo. Estamos há seis jogos sem vencer e o resultado positivo vai gerar um ânimo a mais aos atletas nesta reta final de competição”, disse.


Segundo o atleta, a situação vem incomodando muito o elenco, que pretende dar uma resposta positiva aos torcedores. Matheuzinho não esconde que a derrota por 3 a 0 para o Figueirense abateu o grupo.

“Futebol é confiança, motivação e equilíbrio mental. Então quando ocorre uma derrota como a que sofremos na rodada passada, isso costuma abater os atletas. No entanto, dentro do corre-corre da Série C, não temos tempo de ficar remoendo essa situação. Estamos trabalhando para corrigir os nossos erros e realizar uma apresentação melhor no próximo compromisso. Precisamos dar essa resposta para o próprio América e aos torcedores, que nunca deixaram de fazer a parte deles”, frisou.



Com informações da Tribuna do Norte.

12 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page