top of page

América já está focado para o jogo contra o Volta Redonda

Apenas um dia de festa, foi justamente isso que o América teve para comemorar a conquista do título estadual e o retorno do clube a Copa do Nordeste, principal competição regional em sua fase de grupos. O sistema defensivo, que vinha sofrendo uma série de críticas pelos gols sofridos na Série C, foi o maior destaque da final, o que deixou o treinador Thiago Carvalho mais tranquilo em relação ao confronto que a equipe terá no próximo domingo, contra o Volta Redonda, no estádio Raulino de Oliveira-RJ.



Canindé Pereira


O clube anunciou a contratação de dois reforços. O meio-campista Rodriguinho , de 29 anos atuava na aparecidense. Outro nome revelado pela diretoria alvirrubra foi o lateral-direita Luan Sales. O jogador estava atuando pelo Atlético/GO e também pasou pela Aparecidense.

A equipe que se reapresentou ontem, realizou trabalhos leves e seguiu viagem hoje para o Rio de Janeiro. A principal preocupação da comissão técnica, é aproveitar o tempo que falta até o início da partida para garantir o devido descanso ao elenco, uma que que a final do estadual foi uma partida muito desgastante para o clube, que voltou a ter um jogador expulso no segundo tempo.


Os jogadores apontaram que a conquista foi fruto de todo o trabalho que vem sendo realizado e que o grupo treinou muito para conseguir chegar ao objetivo. “Treinamos muito, foi um período forte de preparação e foi muito duro segurar o nosso rival na casa deles”, disse o lateral Luiz Paulo.

O treinador Thiago Carvalho se disse orgulhoso de poder comandar um clube do tamanho do América na final e se disse grato com a conquista. “A verdade é que cheguei ao América no sentido de ser campeão. A partida que realizamos contra o ABC não foi dentro daquilo do que imagino para minhas equipes, em termos de futebol jogado, mas em compensação nosso grupo deu uma aula de vontade e determinação e mereceu essa conquista”, salientou Thiago, que espera ver essas duas valências se repetindo nas partidas que o clube terá pela Série C do Brasileiro.

O comandante alvirrubro ressaltou que a determinação do grupo, foi impressionante e que todo o mérito é do grupo de atletas, que acreditou na força que eles tinham e soube protagonizar dois grandes duelos contra um adversário forte, com elenco de Série B. Projetando o que foi visto nas duas partidas, o treinador acredita que pode pintar um panorama melhor para o América, que tem a ambição de estar entre os quatro classificados para a segunda divisão do próximo ano. A maior meta, depois de acertar o sistema defensivo, é trabalhar o poder de finalização.



Com informações da Tribuna do Norte.

4 visualizações0 comentário
bottom of page