top of page

América vence Potyguar em Currais Novos

O América venceu o Potyguar por 2 a 0, no Coronel José Bezerra, na noite desta quarta-feira (8). A partida foi válida pelo Campeonato Estadual. O resultado deixou o time natalense com 19 pontos, na liderança isolada do Grupo B. O próximo duelo da equipe será contra o ABC, domingo (12), na Arena das Dunas.

Wallace PE voltou a se destacar e confirmar a fama de artilheiro / Canindé Pereira


O Alvirrubro não quis saber de “poupar” jogadores contra o time seridoense. O técnico Leandro Sena escalou o que tinha de melhor para o confronto apostando na vitória e nos 19 pontos antes do clássico contra o ABC, no próximo domingo.


Não demorou para o time de Natal abrir o marcador na partida. Aos 13 minutos, Téssio cobrou escanteio e encontrou Walllace Pernambucano sozinho, no meio da área. O camisa 9 nem precisou subir para anotar seu 10° gol na temporada, o 61° com a camisa americana.


O time da casa tinha extrema dificuldade para se organizar e sair jogando. O meio campo estava povoado pelos alvirrubros, que não deixavam espaço para a evolução do Tricolor seridoense em suas transições ofensivas. O melhor caminho era através do lado direito com o ala Ketson.


Diante dessa realidade o América tomou conta do jogo e, ainda que não fosse incisivo contra o adversário, não sofria ameaças no seu campo de defesa e controlava o jogo com tranquilidade.


O jogo perdeu em qualidade e em emoção. Aos poucos as defesas passaram a controlar os ataques e os dois goleiros pouco foram exigidos. O Alvirrubro, vencendo, tranquilo, parecia estar segurando o ritmo para evitar o desgaste.


Aos 38 minutos o time de Currais Novos reclamou de pênalti não anotado pela arbitragem. Na bola chutada para o gol houve um desvio no braço do zagueiro Edson Silva, mas o jogo não parou. Três minutos depois o árbitro Leandro Sales voltou a ser pivô de reclamação. O Alvirribro fez um gol legal e o lance foi paralisado sem motivo aparente. Com isso, a partida foi para o intervalo com vitória do América por 1 a 0.


No retorno para o segundo tempo, o técnico Leandro Sena optou por mudar o time no meio de campo. Sobrou para Elvinho, que saiu para a entrada de Wermesson. O Potyguar voltou com o mesmo time.


Aos 16 minutos o Alvirrubro ampliou o placar. O atacante Ítalo Carvalho recebeu na entrada da área, se livrou da marcação e bateu para fazer o segundo gol americano. O gol acabou com qualquer intenção do time da casa de reagir e buscar o marcador, consolidando a vitória do América: 2 a 0.


Em jogo fraco, ABC bate o Força e Luz


O ABC precisou da bola parada para vencer o Força e Luz por 1 a 0, ontem, no estádio Nazarenão / Rennê Carvalho


Força e Luz e ABC fizeram um jogo fraco tecnicamente e com poucas emoções, na tarde desta quarta-feira (8), no Nazarenão, que, sem os laudos, não recebeu público. O placar de 1 a 0 para o Alvinegro garantiu os 19 pontos do clube no Grupo A do Campeonato Potiguar, líder isolado.


O técnico Fernando Marchiori fez o que havia prometido e mandou para campo uma equipe praticamente toda reserva. O Alvinegro reestreou o goleiro Welligton e iniciou o jogo com, ao menos, outros cinco ou seis atletas considerados reservas nesse início de temporada.


A decisão da comissão técnica, que optou por poupar jogadores considerados titulares, foi tomada devido ao desgaste e pelo fato do ABC ter o clássico contra o América no domingo, na Arena e o duelo contra o Sampaio Corrêa, na próxima semana, no Frasqueirão, pela Copa do Nordeste.


Com a bola rolando o Alvinegro tratou de tomar conta do meio campo e partir em busca da abertura do marcador. No entanto, o péssimo estado do gramado, no Nazarenão, atrapalhava o toque de bola do time de Natal.


O jogo, fraco tecnicamente, só teve um “pequeno brilho” depois de 20 minutos de bola rolando. Após um bate-rebate na área a bola sobrou para Raphael Luz. O camisa 16 bateu de primeira e obrigou o goleiro do Força e Luz, Ruan, a fazer uma grande defesa.


Depois desse lance o jogo caiu ainda mais de produção. Allan Dias, atuando como meia, passou despercebido nos primeiros 45 minutos, deixando o ABC carente de criatividade. Jaílson, o mais voluntarioso na etapa inicial, corria sozinho pelo lado esquerdo, sem companhia, para organizar as jogadas e a etapa inicial terminou em 0 a 0.


Mas se ninguém gostou do que viu no primeiro tempo, os técnicos Fernando Marchiori pelo ABC e Eugênio Gomes do Força e Luz parecem ter aprovado o futebol das equipes no tempo inicial de jogo. Sendo assim, os dois times voltaram a campo sem modificações para os 45 minutos finais.


Apenas aos 9 minutos o time abecedista chutou a primeira no gol. A jogada aconteceu graças a insistência de Jaílson que, perdeu na primeira, se recuperou, avançou e chutou rasteiro. Ruan caiu e encaixou a bola.


Mas se o gol não sai de jogadas trabalhadas, ele pode aparecer na jogada de bola parada. E foi assim que o ABC abriu o marcador no Nazarenão. Aos 15 minutos, Daniel Vançan cobrou bem o escanteio e o zagueiro Jhonathan apareceu melhor ainda para cabecear firme para o gol.


Satisfeito com a vitória protocolar, o Alvinegro se reposicionou em campo e passou a se defender na sua própria intermediária. Em tese, a intenção seria atrair o Força e Luz e matar o jogo no contra-ataque. No entanto, apesar do time “Elétrico” até ter saído um pouco mais para o jogo, o ABC não conseguiu organizar nenhuma saída produtiva e o placar não foi alterado. Final, Força e Luz 0 x 1 ABC.





Com informações da Tribuna do Norte.


4 visualizações0 comentário

Comments

Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
bottom of page