top of page

Blocos de concreto começam a ser colocados na praia

Oenrocamento da praia de Ponta Negra deve deve durar mais 10 meses, de acordo com a Secretaria de Infraestrutura do Município (Seinfra). Atualmente, a obra está na fase de colocação dos blocos de concreto em toda a extensão da praia, a começar na altura do Hotel Sehrs até o calçadão. Ao todo, são 2 km de extensão e 19 mil blocos e em cada ponto, serão instalados entre 800 e 900 blocos. No entanto, ainda não há prazo estabelecido para o início da engorda da faixa de areia, pois o município ainda aguarda licença ambiental emitida pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável do RN (IDEMA). Ainda será feita, portanto, a licitação para escolha da empresa responsável pela próxima fase.


Ao todo, enrocamento será feito em uma faixa de cerca de 2 quilômetros de extensão / Adriano Abreu


“Será mais ou menos isso, se não der nenhum atropelo”, comenta o secretário de infraestrutura do município, Carlson Gomes. De acordo com ele, a conclusão da confecção dos blocos de concreto deve acontecer em oito meses e, pelos próximos dois, será realizada a fase de enrocamento. Ele diz ainda que o processo da engorda pode começar desde que já tenham trechos com blocos colocados, pois as duas etapas podem acontecer simultaneamente em trechos diferentes.

Ainda segundo a Seinfra, a obra está na fase inicial e, por enquanto, devem ser colocados cerca de 25 metros de blocos, além das pedras já existentes na extensão da orla. A obra do enrocamento foi dividida em nove trechos. Esse serviço faz parte de um projeto existente nas proximidades do Morro do Careca e contará com duas frentes, uma em cada sentido, o que promete agilizar a conclusão do projeto. Além da proteção costeira, o projeto prevê a construção de sete escadas e quatro rampas.


O prefeito de Natal esteve no local neste domingo (2) e ressaltou que a obra será um marco para o turismo na cidade, além de promover a proteção no calçadão, comprometido pelo avanço do mar. “Esse é um dos maiores projetos da nossa gestão que é a engorda da Praia de Ponta Negra, pois Natal, a exemplo do Balneário de Camboriú e de Fortaleza, também terá aumentada a sua faixa de areia”, disse o prefeito na ocasião.


Os blocos são de concreto de 20 Mpa (Mega Pascal), unidade referência para aferir a resistência do material. Cada estrutura pesa em média 2,5 toneladas, com o tamanho de 1,6m por 80 cm de tamanho e possui 1,025 m³ de volume.

Orçada em R$ 75 milhões, com recursos da Prefeitura de Natal e do Governo Federal, a obra será realizada em três etapas e promete alargar faixa de areia da praia em até 100 metros, na maré seca, e 50 metros na maré cheia. No momento, uma das principais reclamações dos comerciantes locais é o avanço da maré que os fazem sair da faixa de areia diariamente. “A maré enche de tardezinha, aí quem tem uma área boa, coloca as mesas no calçadão, né, mas não tem muita gente”, diz o comerciante Rivaldo Alves, 54.


Engorda

A engorda será feita a partir de uma jazida de areia submersa trazida da área de mar, na altura do Farol de Mãe Luiza, que tem o material adequado - diâmetro médio superior (areia média a grossa). A quantidade de areia da jazida e a proximidade do local são adequados para uso de uma draga de sucção.


Aos poucos o material será depositado em trechos de 200m em 200m de praia que ficará, nesses pontos, interditada, garantindo que as demais áreas não sejam afetadas e o uso geral da praia não seja prejudicado no período de nove meses previstos para conclusão dos serviços. Após o transporte de areia, será necessária uma terraplanagem com espalhamento, compactação e nivelamento do aterro por meio de tratores.




Com informações da Tribuna do Norte.

47 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page