top of page

Campanha de Vacinação contra a Influenza inicia no próximo dia 10


Foto: Elisa Elsie - Assecom/RN


O Ministério da Saúde (MS) realizará a 25ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, no período de 10 de abril a 31 de maio de 2023. Dessa forma, a Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap/RN) convoca a população que faz parte dos grupos prioritários definidos pelo Ministério a comparecer à unidade de saúde mais próxima de sua residência, para garantir sua proteção contra a Influenza.


A campanha é uma das medidas de prevenção mais importantes contra a Influenza, uma infecção respiratória aguda que afeta o sistema respiratório e é de alta transmissibilidade. O objetivo é reduzir as complicações, internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus na população-alvo para a vacinação, além de contribuir para a redução da circulação viral, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco. A meta é vacinar pelo menos 90% de cada um dos grupos prioritários.


“A Influenza já matou mais de 1.700 pessoas no Brasil apenas em 2022 e 70% dos óbitos por influenza no país são de pessoas que estão dentro dos grupos prioritários da campanha. É importante que essas pessoas se vacinem, para que não tenhamos um novo surto da doença, devido às baixas coberturas vacinais”, ressaltou a coordenadora do Programa Estadual de Imunização, Laiane Graziela.


Grupos prioritários


Os grupos prioritários definidos para a campanha de vacinação são:


• Crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias). Para a população indígena e pessoas com comorbidades, a vacina está indicada para as crianças de 6 meses a menores de 9 anos de idade.

• Trabalhadores da Saúde dos serviços públicos e privados.

• Gestantes.

• Puérperas (todas as mulheres no período até 45 dias após o parto).

• Professores do ensino básico e superior.

• Povos indígenas.

• Idosos com 60 anos ou mais de idade.

• Profissionais das Forças de Segurança e Salvamento.

• Profissionais das Forças Armadas.

• Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais independentemente da idade.

• Pessoas com deficiência permanente.

• Caminhoneiros.

• Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário.

• Trabalhadores portuários.

• População privada de liberdade e funcionários do sistema de privação de liberdade, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas.


Imunizante e precauções


As vacinas da Influenza ofertadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) são trivalentes, apresentando três tipos de cepas de vírus em combinação. Recomenda-se adiar a vacinação em pessoas com quadro de febre ou com confirmação de covid-19, com o intuito de não se atribuir ao imunizante as manifestações da doença. A vacina apenas é contraindicada em caso de história de alergia a ovo pela pessoa ou para crianças menores de 6 meses de idade.


Dia D de vacinação para todos


15 de abril será o Dia D de multivacinação, com a oferta das vacinas influenza, bivalente (contra a covid-19) e febre amarela. A data é uma estratégia de reforçar as ações das campanhas, intensificando o incentivo à busca da proteção pela população.


Até o momento, já foram aplicadas no estado 35.998 doses da vacina bivalente, de acordo com dados do sistema RN Mais Vacina.


Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado da Saúde Pública - Sesap

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page