top of page

Canguaretama e Pedro Velho elegem novos prefeitos e vice-prefeitos



Dois municípios potiguares elegeram, neste domingo (27), novos prefeitos. Canguaretama e Pedro Velho, cidades circunvizinhas, tiveram os gestores eleitos em 2020 cassados pela Justiça Eleitoral.


Canguaretama elegeu Wilsinho do PTB. O candidato venceu a eleição suplementar com 54,74% dos votos válidos, o que equivale a 9.403 votos. O candidato Márcio Cabeleireiro, do PDT, recebeu 42,80% dos votos. Dra Ana Célia, do União Brasil, teve o correspondente a 2,46% da votação.


Wilsinho assumirá o município onde o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve a cassação do prefeito Wellinson Ribeiro e da vice-prefeita, Maria de Fátima Moreira. Wellinson foi considerado inelegível devido a uma condenação criminal na Justiça Federal.


Pedro Velho


Em Pedro Velho, Edna Lemos (PSB) foi eleita prefeita neste domingo. Ela recebeu 51,19%, o que corresponde a 4.812 votos.


Júnior Balada (União) ficou em segundo com 47,40% dos votos. Professor Cledenilson, do Avante, teve 1,01% dos votos. Já Zeca, do Psol, recebeu 0,40% da votação.


Edna assume a prefeitura do município onde a prefeita Dejerlane Macedo e o vice-prefeito Inácio Rafael da Costa, tiveram os diplomas cassados por abuso de poder político.


Os eleitos devem ser diplomados no dia 19 de dezembro e ficarão nos cargos até dezembro de 2024. Além de Pedro Velho e Canguaretama, no Rio Grande do Norte, outros quatro municípios também passaram por Eleições Suplementares neste domingo: Tanabi (SP), Maraial (PE), Ibitirama (ES) e Maiquinique (BA).

6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page