top of page

CBF afasta árbitro que errou em penalidade durante partida da Copa do Brasil

Rio - A Comissão de Arbitragem da CBF não esperou nem 12 horas para afastar o árbitro Paulo Roberto Alves Júnior, da federação paranaense, que na noite de quarta-feira apitou o confronto entre Tombense e Retrô, pela segunda fase da Copa do Brasil. Na reta final da partida, Paulo Roberto assinalou um pênalti inexistente em favor da equipe mineira. Àquela altura, a partida estava empatada e a penalidade acabou resultando no gol que classificou o Tombense.



Agência Brasil


O lance aconteceu aos 35 minutos do segundo tempo. A bola sobrou no interior da área e três jogadores do Tombense tentam alcançá-la. Dois deles acabam se chocando e um vai ao chão. Nenhum jogador do Retrô acerta qualquer um dos adversários, mas ainda assim o juiz assinalou o pênalti. Como não há árbitro de vídeo nessa fase da Copa do Brasil, o lance não passou por qualquer revisão.


Com a marcação equivocada do pênalti, os jogadores da equipe pernambucana se revoltaram e reclamaram muito. Dois deles receberam cartão amarelo. O jogo ficou paralisado por mais de três minutos. Na cobrança do pênalti, Jean defendeu o chute de Alex Sandro, mas no rebote o próprio Alex Sandro marcou o gol que classificou o Tombense.





Com informações do ge RN.

27 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page