top of page

Chuva alaga ruas e causa transtornos a motoristas em Natal

Pontos de circulação de veículos ficaram alagados. Foto: José Aldenir / Agora RN



Diversas localidades de Natal registraram intensas chuvas nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira 17. Por conta da quantidade de água, vários pontos de grande circulação de veículos na cidade ficaram com fluxo lento.

Principais pontos de alagamento em Natal

  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na avenida Salgado Filho, em frente ao Portugal Center, sentido centro.

  • Ponto de alagamento transitável na avenida Prudente de Morais x av Nascimento de Castro sentido zona sul.

  • Ponto de alagamento transitável na avenida Cap Mor Gouveia x av Adolfo Gordo

  • Ponto de alagamento intransitável na avenida Solange Nunes, próximo ao posto de combustível

  • Ponto de alagamento intransitável na rua dos Canindés x rua Presidente Sarmento, próximo ao mercado da quatro.

  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na avenida Lima e Silva, entre a avenida Interventor Mário Câmara e rua dos Caicós

  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na avenida Amintas Barros, entre a av Interventor Mário Câmara e rua dos Caicós

  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na avenida Nevaldo Rocha, próximo a antiga SEMTAS, sentido Zona Norte

  • Na quinta-feira 16, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de acumulado de chuvas para 52 cidades do Rio Grande do Norte, entre elas a capital potiguar. O aviso segue até 10h desta sexta 17.



Alerta do Inmet


O alerta do Inmet é da cor amarela (perigo potencial), o nível mais baixo de três no grau de severidade do órgão, que tem as cores laranja (perigo) e vermelho (grande perigo) como níveis acima.

Segundo o Instituto, o alerta amarelo prevê chuvas entre 20 a 30 mm por hora ou de até 50 mm por dia. Há, nesse caso, baixo risco de alagamentos ou de pequenos deslizamentos em cidades com essas áreas de risco.


Recomendações

  • evitar enfrentar o mau tempo;

  • observar alteração nas encostas;

  • evitar usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada;

  • em caso de necessidade, acionar Defesa Civil (telefone 199) ou Corpo de Bombeiros (telefone 193).


Fim de semana


Além do Inmet, o Sistema de Monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária (Emparn) divulgou que as chuvas devem atingir todas as regiões do estado no fim de semana.

“As análises do sistema de monitoramento da Emparn apresentam a possibilidade de chuvas acompanhadas de trovoadas”, disse o chefe da unidade de Meteorologia da Emparn, Gilmar Bristot.



Diversas localidades de Natal registraram intensas chuvas nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira 17. Por conta da quantidade de água, vários pontos de grande circulação de veículos na cidade ficaram com fluxo lento. 


Principais pontos de alagamento em Natal


  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na avenida Salgado Filho, em frente ao Portugal Center, sentido centro.

  • Ponto de alagamento transitável na avenida Prudente de Morais x av Nascimento de Castro sentido zona sul.

  • Ponto de alagamento transitável na avenida Cap Mor Gouveia x av Adolfo Gordo

  • Ponto de alagamento intransitável na avenida Solange Nunes, próximo ao posto de combustível

  • Ponto de alagamento intransitável na rua dos Canindés x rua Presidente Sarmento, próximo ao mercado da quatro.

  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na avenida Lima e Silva, entre a avenida Interventor Mário Câmara e rua dos Caicós

  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na avenida Amintas Barros, entre a av Interventor Mário Câmara e rua dos Caicós

  • Ponto de alagamento parcialmente transitável na avenida Nevaldo Rocha, próximo a antiga SEMTAS, sentido Zona Norte

  • Na quinta-feira 16, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de acumulado de chuvas para 52 cidades do Rio Grande do Norte, entre elas a capital potiguar. O aviso segue até 10h desta sexta 17.


Alerta do Inmet


O alerta do Inmet é da cor amarela (perigo potencial), o nível mais baixo de três no grau de severidade do órgão, que tem as cores laranja (perigo) e vermelho (grande perigo) como níveis acima.

Pontos de circulação de veículos ficaram alagados. Foto: José Aldenir / Agora RN

Segundo o Instituto, o alerta amarelo prevê chuvas entre 20 a 30 mm por hora ou de até 50 mm por dia. Há, nesse caso, baixo risco de alagamentos ou de pequenos deslizamentos em cidades com essas áreas de risco.


Recomendações


  • evitar enfrentar o mau tempo;

  • observar alteração nas encostas;

  • evitar usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada;

  • em caso de necessidade, acionar Defesa Civil (telefone 199) ou Corpo de Bombeiros (telefone 193).


Fim de semana


Além do Inmet, o Sistema de Monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária (Emparn) divulgou que as chuvas devem atingir todas as regiões do estado no fim de semana.

“As análises do sistema de monitoramento da Emparn apresentam a possibilidade de chuvas acompanhadas de trovoadas”, disse o chefe da unidade de Meteorologia da Emparn, Gilmar Bristot.


Cidades atingidas pelo alerta do Inmet

  1. Assú

  2. Afonso Bezerra

  3. Alto do Rodrigues

  4. Areia Branca

  5. Arez

  6. Baía Formosa

  7. Baraúna

  8. Caiçara do Norte

  9. Canguaretama

  10. Carnaubais

  11. Ceará-Mirim

  12. Espírito Santo

  13. Extremoz

  14. Galinhos

  15. Goianinha

  16. Grossos

  17. Guamaré

  18. Ielmo Marinho

  19. Jandaíra

  20. Jardim de Angicos

  21. João Câmara

  22. Lajes

  23. Macaíba

  24. Macau

  25. Maxaranguape

  26. Monte Alegre

  27. Mossoró

  28. Natal

  29. Nísia Floresta

  30. Parazinho

  31. Parnamirim

  32. Pedra Grande

  33. Pedra Preta

  34. Pedro Avelino

  35. Pedro Velho

  36. Pendências

  37. Poço Branco

  38. Porto do Mangue

  39. Pureza

  40. Rio do Fogo

  41. São Bento do Norte

  42. São Gonçalo do Amarante

  43. São José de Mipibu

  44. São Miguel do Gostoso

  45. Senador Georgino Avelino

  46. Serra do Mel

  47. Taipu

  48. Tibau

  49. Tibau do Sul

  50. Touros

  51. Vera Cruz

  52. Vila Flor



Agora RN.


3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page