top of page

CMN oferece 70 mamografias gratuitas por dia até sexta-feira (14) em Natal

Uma iniciativa da Câmara Municipal de Natal vai oferecer às natalenses a realização de 70 mamografias diárias, gratuitas e por demanda livre, dentro da programação da campanha do Outubro Rosa, aberta na tarde desta segunda-feira (10). A ação segue até sexta-feira (14), incluindo o feriado de Nossa Senhora Aparecida (12).


Foto: Verônica Macedo


Para realizar o exame na unidade móvel de saúde Savana Galvão, do Grupo Reviver, basta comparecer pela manhã portando cartão do SUS de Natal, comprovante de residência e RG. Ainda durante o período matutino serão distribuídas as 70 fichas, sendo 35 destinadas ao expediente da manhã e as outras 35 ao período da tarde.

A unidade móvel de saúde Savana Galvão está estacionada ao lado da Câmara Municipal, no cruzamento da avenida Campo Sales com a rua Jundiaí, no Tirol. Mulheres acima de 40 anos não precisam de requisição médica para fazer o exame.


A cada dia, uma das sete vereadoras de Natal estará acolhendo as natalenses que comparecerem para a realização dos exames. A primeira a participar foi Júlia Arruda (PCdoB). “Mais uma vez, a Câmara adere a essa importante campanha, proporcionando a conscientização e chamando a atenção para a importância do diagnóstico precoce para o combate do câncer de mama. Esse é o alerta mais importante”, reforçou.

Para a presidente do Grupo Reviver, Ana Tereza Motta, a parceria com a Câmara Municipal de Natal, que chega à terceira edição, é muito importante para difundir o acesso às mamografias durante a campanha do Outubro Rosa. “Atualmente, atendemos até a mulheres com plano de saúde, devido ao número insuficiente de mamógrafos na cidade ou à baixa qualidade de alguns deles”, revelou.

Durante a abertura do Outubro Rosa da CMN, a cantora Manu Lima se apresentou, o Grupo Bonitas trouxe o testemunho de mulheres que venceram a luta contra o câncer de mama e a a Rede Feminina de Combate ao Câncer ministrou palestra sobre a importância do diagnóstico precoce.

Gorette Gabriel integrante do Bonitas, conta que o grupo é formado por 125 mulheres que venceram a doença e hoje ajudam outras mulheres que travam a mesma batalha, oferecendo acompanhamento, acolhimento, atividades integrativas, doando lenços e turbantes, e buscando parcerias para capacitações e reinserção no mercado de trabalho, pois muitas perdem os empregos, quando adoecem.

Já a Rede Feminina de Combate ao Câncer, conta Lindamar Queiroz, reúne 150 voluntárias e 10 voluntários para oferecer café a pacientes da Liga Contra o Câncer e manter a Casa de Apoio Irmã Gabriela, nas Quintas, que hospeda pacientes vindas do interior do Estado. Para isso, recebem doações em dinheiro, alimentos ou em roupas, calçados, bolsas e bijus para um bazar que mantém na casa. Elas também ministram palestras sobre temas correlatos ao câncer de mama.


Por Tribuna do Norte

9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page