top of page

Com bolsas de até R$ 3 mil, Igarn e Fapern divulgam edital com vagas para pesquisadores no RN

Edital contempla várias áreas e também vai servir para cadastro de reservas. Bolsa é para 10 meses e para graduados, além de profissionais com mestrado e doutorado.


Fapern ( Fundação de Apoio à Pesquisa do RN) — Foto: Daniel Herrera/Divlgação


O Instituto de Gestão das Águas do Estado do Rio Grande do Norte (Igarn), em parceria com a Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte (Fapern), abriu um edital com vagas para pesquisadores-bolsistas em projetos de pesquisa e inovação. Os salários vão até R$ 3 mil, dependendo da formação do candidato.


O edital (veja AQUI) foi publicado no Diário Oficial do Estado. As inscrições abrem no dia 14 de janeiro e seguem até o dia 23 do mesmo mês. O edital visa o preenchimento de vagas remanescentes e cadastro de reserva.

Para graduação serão selecionados profissionais das seguintes áreas: Engenharia Civil; Geologia; e Ciências da Computação, Engenharia da Computação e/ou Sistemas de Informação. Já para profissionais com mestrado ou doutorado, a seleção é para as seguintes áreas: Engenharia Civil, Sanitária ou Meio Ambiente; e Gestão Pública e/ou Políticas Públicas e/ou Administração Pública.

Serão selecionados de imediato três bolsistas de pesquisa, as outras duas vagas serão para o cadastro de reserva. O prazo total das bolsas é de até 10 meses.

O valor a ser recebido mensalmente é de R$ 2,5 mil para bolsistas-pesquisadores graduados e R$ 3 mil para bolsistas-coordenadores científicos e supervisores, com mestrado ou doutorado. A carga horária presencial das atividades a serem desenvolvidas pelos pesquisadores é de 30 horas semanais.

O processo acontece em quatro etapas. A primeira é a análise dos documentos; a segunda, a análise do currículo. Na terceira etapa, os candidatos terão seus pré-projetos analisados e avaliados. Caso sejam aprovados, seguirão para a quarta e última etapa, onde haverá a entrevista individual.




Por g1 RN



3 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page