top of page

Com gol de Talisson Calcinha, Iguatu vence e elimina o América pela Copa do Brasil


Foto: Canindé Pereira


O América tem mais um resultado para lamentar na temporada. O clube que queria ressurgir forte no cenário nacional disputando competições consideradas importantes no calendário nacional, nesta quinta-feira, sob um verdadeiro temporal, acabou eliminado pelo Iguatu, que conquistou o feito inédito na história avançando para segunda fase da Copa do Brasil. A vitória por 1 a 0, com gol de Tallisson, garantiu uma bela injeção de recursos ao caixa dos cearenses. O presidente do América, Souza, lamentou a eliminação e disse que mudanças têm de existir na equipe. “Da forma como está não pode ficar”, ressaltou o dirigente.


Em busca de voltar aos seus melhores momentos dentro do futebol nacional, colocar mais R$ 900 mil nos cofres e encarar o Santos-SP na segunda fase, o América foi até o interior cearense, disposto a comprovar o favoritismo na primeira fase da Copa do Brasil e se comportou como tal, foi logo buscando o ataque e obrigando o goleiro Marcelo atento, que antes dos dez minutos fez duas boas defesas.


Consciente de suas responsabilidades, apesar de manter os cuidados defensivos, procurando não dar espaços para o ataque americano, o Iguatu aos poucos foi se arriscando na frente, chegando a rondar com algum perigo o gol defendido por Bruno Pianissolla.

Encontrando dificuldades para superar a boa marcação do adversário, os contragolpes passaram a ser a melhor válvula de escape para os potiguares. Mas quando eram pegos na condição de um contra um, os zagueiros cearenses tratavam de parar o lance com falta, sem se preocupar com a questão do cartão amarelo.


E com as duas defesas levando vantagem sobre o ataque, o 0 a 0 ficou registrado no placar da etapa inicial.

No segundo tempo, a equipe da casa voltou melhor e buscando o gol que inverteria a vantagem do duelo. O América mostrando que a defesa é um dos seus pontos fortes, ganhou e afastou todos os lances de perigo.


A equipe potiguar pecava bastante no setor de criação, vivendo apenas de raros lampejos de Elvinho. Quem sofria com isso era Italo Carvalho, que brigava praticamente sozinho na frente.


A partir dos 20 minutos a chuva começou a cair forte em Iguatu, prejudicando ainda mais a condição do gramado, onde a bola já rolava com uma certa dificuldade. A partir de então, com dificuldades para furar o sistema de zaga potiguar, os cearenses passaram a arriscar os chutes de média distância e aqui e acolá conseguiam assustar o goleiro alvirrubro.


Nessas condições, aos 30 minutos o Iguatu chegou ao gol, numa jogada em que Tallisson arriscou, acertou um belo chute e venceu o goleiro americano. Na vantagem, os donos da casa passaram a contar com as condições adversas do gramado para tentar segurar o placar e arrancar a classificação que estava nas mãos dos visitantes.


Na tentativa de evitar a eliminação precoce na competição nacional, o América foi para frente da forma que dava, com isso o Iguatu passou a explorar os contra-ataques na busca de ampliar a vantagem e assegurar a classificação, mas o esforço não foi contemplado e o time amargou mais um duro golpe na temporada.

17 visualizações0 comentário

Commenti


bottom of page