top of page

Com obra no Tarcísio Maia, serviços serão transferidos para outros dois hospitais

O Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), em Mossoró, deve passar por uma reforma nos próximos dias, de acordo com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap). O investimento é de R$ 10,3 milhões e será usado para ampliar diversos setores do hospital, que é um dos mais importantes do RN, atendendo municípios do Oeste Potiguar e demais regiões próximas. Centro cirúrgico, estacionamento, urgência e emergência, pediatria e nutrição são setores que passarão pela obra.

Reprodução/SESAP


O plano de reforma do hospital montado pelas áreas técnicas da Sesap inclui a necessidade de transferir setores do Tarcísio Maia para duas outras unidades dentro da própria Mossoró: Hospital da Mulher e Hospital da Polícia Militar. A expectativa é de que a ordem de serviço do Hospital Tarcísio Maia seja assinada na próxima semana.


A mudança será gradual, dividida em cinco etapas até dezembro, e deve garantir “pleno atendimento à população durante todo a obra de forma”, segundo a pasta. A primeira etapa do plano está programada para ocorrer entre o fim deste mês e o início de setembro, com transferências de parte do centro cirúrgico e de leitos para o Hospital da PM.


O plano total foi apresentado pela Sesap na tarde desta segunda-feira (14), em Mossoró, a representantes de órgãos de controle, parlamentares, conselhos de classe e entidades privadas e filantrópicas. Durante a reunião foi apresentado estudo de viabilidade para as transferências temporárias de serviços, além do cronograma da obra.

A Sesap disse que o funcionamento compartilhado entre Hospital da Mulher e parte da estrutura do Hospital Tarcísio Maia não vai impedir o planejamento de expansão dos serviços da nova unidade, inaugurada em dezembro de 2022, que seguirá seu cronograma de instalação dos novos serviços e ambulatórios nos próximos meses.



Com informações da Tribuna do Norte.




3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page