top of page

Coração Ardente volta aos cinemas em junho, mês do Sagrado Coração de Jesus

Tradicional devoção da Igreja Católica é tema de docudrama, que contará com exibições exclusivas nos dias 5 e 6 no Brasil.

Divulgação


Atendendo a muitos pedidos, a Kolbe Arte proporciona novamente ao público brasileiro a oportunidade de assistir ao filme Coração Ardente nos cinemas. A produção sobre a devoção ao Sagrado Coração de Jesus terá exibições exclusivas nos dias 5 e 6 de junho, mês solene desta importante devoção da Igreja Católica.


Produzido pela espanhola Goya, o docudrama também já foi exibido para plateias da Espanha, Polônia, França, Alemanha, Estados Unidos, México, assim como outros países latino-americanos.


Coração Ardente traz a história de Lupe Valdéz (Karyme Lozano), uma escritora de sucesso, mas que passa por um período de dificuldade criativa para desenvolver seu novo livro. Em busca de inspiração, a autora conhece a jornalista María (María Vallejo-Nájera), que lhe sugere investigar uma série de ocorrências miraculosas e que envolvem a devoção ao Sagrado Coração de Jesus. Empenhada nessa pesquisa, Lupe é levada a repensar sua fé, seus valores e a descobrir a importância do perdão.


O filme reúne depoimentos importantes e emocionantes que revelam o alcance dessa religiosidade popular. Alicia Beauvisage, propagadora da devoção na América Latina, afirma ter vivido uma "experiência preciosa" que mudou muitas coisas em sua vida: "Aquele que realmente encontra o Coração de Jesus nunca mais pode ser como antes".


Tema do Filme: 'O Céu para Ti'


Uma das marcas do filme Coração Ardente é a música 'O Céu para Ti'. Composta pela cantora argentina Athenas, chega ao Brasil com versão e interpretação de Andreia Zanardi, do grupo musical Cantores de Deus. A canção já está disponível na principais plataformas de áudio.


"É uma música que tem um refrão muito forte, um refrão que fica na cabeça, que fica no coração e uma letra que diz muito para nossa vida. É uma letra que fala profundamente de amor, profundamente de misericórdia e para mim foi uma alegria e, acima de tudo, uma responsabilidade e uma honra poder interpretar e traduzir para o nosso Brasil tamanha obra-prima", disse Andreia em entrevista para divulgação do longa.




8 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page