top of page

Covid: Natal começa a aplicar a vacina bivalente em pessoas a partir de 60 anos na segunda (6)

Imunização com a bivalente - que protege contra a variante Ômicron - segue em grupos prioritários. Para tomar, é necessário um intervalo de pelo menos 4 meses.



Vacinação com a bivalente começa nesta segunda (6) — Foto: Divulgação/SMS


Natal vai começar a vacinar nesta segunda-feira (6) pessoas a partir dos 60 anos de idade com o imunizante bivalente, da Pfizer, contra a Covid. Essa é a segunda fase da campanha na capital. O avanço na faixa etária do grupo prioritário segue as prioridades do Ministério da Saúde (veja abaixo onde se vacinar).


Para tomar a vacina, é necessário que a pessoa, além de ter acima de 60 anos, tenha concluído no mínimo o esquema básico das vacinas contra a Covid, tomando pelo menos as duas primeiras doses. É necessário um intervalo de quatro meses da última dose tomada - inclusive as de reforço.


Na 1ª fase, foram contempladas com a vacina bivalente idosos a partir de 70 anos; pessoas de Instituições de Longa Permanência (ILPs); Residência Inclusiva (RI); trabalhadores destas instituições; imunossuprimidos a partir de 12 anos e população de comunidades indígenas, ribeirinhas e quilombolas. Esses grupos seguem podendo tomar a vacina nesta fase da campanha.


O secretário municipal de saúde, George Antunes, diz que o reforço com a vacina bivalente da Pfizer tem o propósito de expandir a resposta imune específica à variante Ômicron.

“A vacina bivalente é ainda mais potente e também representa proteção. Queremos alcançar o maior número possível de pessoas”, explicou.


Locais para vacinação

Os locais para a vacinação continuam nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), de segunda-feira a sexta-feira, no horário das 8h às 12 e de 13h às 15h.

Os pontos extras do Midway Mall, Via Direta e Partage Norte Shopping funcionam de segunda-feira a sábado, no horário das 14h às 20h.

Já o Parque das Dunas funciona de segunda a sábado das 9h às 16h, somente neste mês de março.


As pessoas que receberem a dose de reforço da vacina bivalente terão seu esquema vacinal encerrado.

Para as pessoas fora do grupo de prioridade, permanecerá a vacinação já utilizada para reforços da Oxford e Pfizer monovalente.





Com informações do g1 RN.

20 visualizações0 comentário
bottom of page