top of page

Em clássico com golaços, erros e confusão, Flamengo vence o Vasco e fica em vantagem


Foto: André Durão


A sorte virou de lado, e a vantagem na semifinal do Carioca também. Em clássico movimentado na noite de segunda-feira no Maracanã, o Flamengo foi superior, fez 3 a 2 no Vasco, e pode empatar no próximo domingo para chegar à quinta final de Estadual consecutiva. Pec abriu o placar em falha de Rodrigo Caio, Arrasca empatou com um golaço, Pedro virou com presente de Capasso, Alex Teixeira deixou tudo igual em contra-ataque bem encaixado, mas Fabrício Bruno fechou a noite como herói após assistência de Arrasca.

O clássico até dava indícios de que seria estudado nos minutos iniciais, mas a falha de Rodrigo Caio seguida da pancada de Gabriel Pec para abrir o placar aos 11 indicou um cenário cômodo para um Vasco que se defendia bem diante de um impaciente Flamengo. A posse de bola resultava em poucas ações contundentes no lado rubro-negro, que se expunha aos contra-ataques, até que Arrascaeta relembrou seu melhores momentos ao empatar com um golaço aos 25. Os vascaínos até comemoraram o gol de Léo após bate e rebate na área em lance anulado por impedimento. Quem foi para o intervalo festejando, no entanto, foi o Flamengo graças a Capasso, que retribuiu o erro do início e deu um "assistência" para Pedro virar com chute forte de dentro da área. Primeiro tempo movimentado e marcado por erros individuais.


Maurício Barbieri soltou o Vasco no segundo tempo, e a entrada de Marlon Gomes tornou o time mais agressivo na marcação alta. O Flamengo dava sinais de cansaço e tinha dificuldades para conectar passes em velocidade no campo ofensivo. Tanto que foi em um erro de tabela de Arrascaeta e Vidal que saiu o empate em contra-ataque que chegou até Pedro Raul na esquerda com espaço para levantar a cabeça e cruzar para o peixinho de Alex Teixeira. Tudo igual e clássico muito aberto. A trocação passou a ser franca, mas eram os rubro-negros que tinham o fator desequilibrante da noite: Arrascaeta. O uruguaio cobrou falta na medida para Fabrício Bruno escorar sem sequer precisar pular: 3 a 2. Pedro ainda obrigou Léo Jardim a fazer grande defesa, e Matheus Gonçalves foi expulso três minutos após entrar em uma semifinal movimentada, com ânimos aflorados e festa em vermelho e preto.


Arrascaeta foi o destaque absoluto do clássico de segunda-feira. Questionado após início de ano apagado, o uruguaio organizou as melhores jogadas ofensivas do Flamengo, com passes para boas finalizações de Pedro no primeiro e no segundo tempo. Foi decisivo com um golaço emendando de primeira para empatar a partida e depois com uma assistência para Fabrício Bruno sob medida. Um jogo que vale como "feliz ano novo" para o camisa 14!


Vasco e Flamengo fizeram um clássico com sangue quente no Maracanã. Sete jogadores foram advertidos com cartão amarelo, além do técnico vascaíno Maurício Barbieri, em partida marcada por muitas divididas fortes. Wagner do Nascimento Magalhães aplicou ainda dois cartões vermelhos para jogadores rubro-negros: Matheus Gonçalves, com dois amarelos em apenas três minutos em campo, e Marinho, por reclamação no banco de reservas.


Vasco e Flamengo voltam a se enfrentar no próximo domingo, às 18h (de Brasília), no Maracanã, em jogo que definirá o finalista do Carioca. Com a vitória nesta segunda, o time de Vitor Pereira pode empatar para avançar, enquanto aos vascaínos basta uma vitória simples por terem feito melhor campanha na Taça GB. O outro lugar na decisão será disputado entre Fluminense e Volta Redonda, sábado, também no Maracanã, após o Voltaço vencer por 2 a 1 em casa.


15 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page