top of page

Empresa suspende cirurgias ortopédicas no Walfredo Gurgel por atraso em pagamentos

Na semana em que o Governo do Estado inaugurou 20 novos leitos para cirurgias ortopédicas no hospital Deoclécio Marques, em Parnamirim, a Justiz, empresa terceirizada que presta serviços na área de Saúde do Rio Grande do Norte, suspendeu integralmente os serviços prestados devido à falta de pagamentos por parte do Estado. De acordo com a empresa, os serviços foram suspensos já no início desta quarta-feira (6).



Cirurgias ortopédicas realizadas por empresa terceirizada são suspensas no Walfredo Gurgel / Adriano Abreu


A empresa é contratada para a realização de cirurgias ortopédicas e, com os pagamentos atrasados desde maio, os profissionais decidiram que só vão retomar as atividades após a negociação sobre os valores. Até o momento, não há a confirmação oficial sobre o débito do Governo do Estado com a empresa.


A Justiz disse que irá detalhar a situação ainda nesta manhã.



Tribuna do Norte.

2 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page