top of page

Enrocamento de Ponta Negra será concluído até o fim de dezembro

Faltam cerca de 200 metros de faixa costeira para que a obra do enrocamento seja finalizada. Engorda não tem prazo - Foto: Magnus Nascimento


A Prefeitura de Natal anunciou, na última sexta-feira (8), que a obra de enrocamento da Praia de Ponta Negra já conta com 91,30% de conclusão e deve ser entregue ainda neste mês. A previsão da Secretaria Municipal de Infraestrutura é que a entrega ocorra na última semana de dezembro. Atualmente, segundo a pasta, resta somente um trecho de menos de 200 metros, na altura do hotel Costa Plaza, para que os serviços sejam finalizados. O calendário para as obras da engorda, que deveriam ser iniciadas após o enrocamento, no entanto, segue sem previsão.


Na última sexta, segundo a Seinfra, o Município respondeu aos questionamentos feitos pelo Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR) para a liberação de R$ 32 milhões adicionais necessários à realização do aterro hidráulico. O montante foi solicitado ao MIDR e deve ser acrescido aos R$ 76 milhões que já estão destinados aos serviços totais [enrocamento e engorda]. Com isso, o orçamento da obra poderá chegar a R$ 110 milhões. Após a solicitação do Município por mais recursos, o MIDR esclareceu, no mês passado, que requisitou à Prefeitura 14 diligências e fez 3 recomendações para a liberação do montante.


Nesta segunda-feira (11), a Seinfra informou que “as diligências, todas foram respondidas na última sexta”, mas ainda não há expectativas para a liberação do valor. De acordo com a pasta, a licitação para a obra “será feita assim que tiver a liberação do Governo Federal” e também de acordo com o plano de trabalho da Secretaria. A Seinfra esclareceu, ainda, que o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) solicitou correções no plano de trabalho da Secretaria e que os ajustes já foram concluídos e encaminhados para uma última análise pelo MDR.


O orçamento total (que pode chegar a R$ 110 milhões) inclui, além das obras da engorda, os serviços com o enrocamento. A obra de enrocamento se estende da altura do hotel Serhs até o início do calçadão de Ponta Negra (nesse trecho final já existe uma proteção até a altura do morro do Careca). Ao todo, a estrutura terá mais de 1.173 metros de extensão. Carlson Gomes, titular da Seinfra, explicou a logística dos trabalhos.


“São três etapas previstas no projeto: a primeira é o processo de enrocamento pelos blocos de pedras colocados ao longo da praia para proteger o calçadão do avanço do mar; o projeto ainda prevê a construção de sete escadas e quatro rampas de acesso à praia, onde serão investidos R$ 23,5 milhões”, informou o secretário de Infraestrutura. A engorda, última etapa do projeto, se trata de um aterro que será colocado ao longo de quatro quilômetros na enseada de Ponta Negra.


O objetivo é de que a faixa de areia nas praias de Ponta Negra e Via Costeira seja alargada para até 100 metros na maré baixo e 50 metros na maré alta. “Ao todo, a previsão é de que seja utilizado cerca de 1 milhão e 100 mil metros cúbicos de areia para a obra da engorda, proveniente de uma jazida. A gramatura da areia da jazida é semelhante à da praia de Ponta Negra. Essa areia necessária para a obra deverá vir de um banco de sedimentos no mar, a 6 km da costa, na altura do farol de Mãe Luíza, na zona Leste”, explicou o secretário adjunto de Obras, Rafael Dias.



Tribuna do Norte.

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page