Estadual: Clássico, com torcida única, define campeão do turno



ABC e América entram em campo para mais um clássico valendo título na história dos maiores rivais do Estado. Nesta quinta-feira o troféu a ser erguido é o de campeão do Primeiro Turno do Campeonato Estadual. O jogo começa às 20h, no estádio Frasqueirão e o Alvinegro leva a vantagem do empate. A partida, com torcida apenas abecedista, por recomendação do Ministério Público.


Segundo o pesquisador, Marcos Trindade, no campo Alvinegro fora 34 duelos até o momento. São 16 vitórias do ABC, 6 do América com 59 gols marcados pelo Alvinegro e 35 pelo Alvirrubro.


No entanto, a memória recente favorece o time comandado por Leandro Sena. No último jogo, valendo pela fase de classificação, deu América, que quebrou tabu e assumiu a liderança, naquela oportunidade com o placar de 2 a 1. Wallace Pernambucano e Zé Eduardo marcaram os gols da vitória do Time Alvirrubro; Lucas Rex (contra) fez o gol de honra do Alvinegro.


Essa formação ofensiva do América é uma incógnita. O técnico americano fez mistério e não revelou se Wallace Pernambucano será aproveitado. O artilheiro deixou o jogo da semifinal, diante do Força e Luz, reclamando de dores musculares. O médico do clube, Márcio Rêgo, afirmou que o jogador ainda terá que fazer exames para uma melhor avaliação e isso vai acontecer até o último instante antes do elenco rubro entrar em campo.


Além disso, o atacante Zé Eduardo foi diagnosticado com covid-19 e, automaticamente, está fora da partida desta quinta-feira. Com isso, Thiaguinho, que entrou ao longo do jogo passado e foi destaque, praticamente garante uma vaga no time. Se não contar com W9 a decisão a ser tomada ficará complicada, uma vez que também não tem Mayco Félix à disposição devido a suspensão do atletas pelo terceiro amarelo.


“A gente passou muita tranquilidade para os jogadores. É o momento onde o clube vai participar de uma decisão de turno e tem que ter o máximo de sabedora e tranquilidade neste momento. Temos em mente que será um jogo muito aguerrido, que o ambiente ali favorece muito ao adversário, a torcida empurra o tempo todo, mas vamos muito concentrados para um jogo forte e quem sabe conseguiremos um título dentro da casa do adversário”, comentou Leandro Sena.


ABC


Moacir Júnior, que não gosta de revelar como pretende jogar e nem quem vai escalar, disse que espera por um jogo difícil contra o principal rival. Que o exemplo da última derrota está muito vivo na memória dos jogadores e que a concentração, o jogo inteiro, é necessária.


“Reta final de preparação para o clássico decisivo. Exalto o trabalho de todos os jogadores, os principais responsáveis por esta bela campanha até aqui. Rodamos o elenco durante o torneio e utilizamos quase todo o time nesta trajetória. Desde os goleiros até os atacantes. Confio muito no meu grupo neste momento de decisão. Conto com o apoio do nosso torcedor na Frasqueira nesta quinta. Vamos lutar do início ao fim para conquistar mais um título para essa torcida maravilhosa”, escreveu em sua rede social o treinador abecedista.


Considerado um dos destaques do Alvinegro na competição, o meia-atacante Kelvin afirma o time está focado na conquista do primeiro turno do certame estadual. “Precisamos manter a concentração e a competitividade do começo ao fim da partida. Acho que ficamos desligados durante um período e isso custou o resultado daquele jogo. Mas agora é um outro cenário, não tem segundo jogo e valendo esse título. Foco, concentração e atitude para levarmos a melhor”, comentou.


Segundo ele, o grupo está vivendo um momento muito bom. “A expectativa é a melhor possível, estamos focados e bem treinados para esse confronto muito importante. Vamos dar o nosso máximo dentro de campo para conquistar essa taça e corresponder às expectativas do torcedor. Trabalhamos duro diariamente para isso e contamos com o apoio de todos para conquistar esse objetivo”, explicou.

19 visualizações0 comentário