top of page

Expectativa para os jogos do América e ABC na terceira rodada do Campeonato Potiguar


Foto: Canindé Pereira


Dentro da zona de classificação, mas incomodado com o segundo lugar do grupo B, o América voltará a campo hoje, às 15 horas, para encarar o Santa Cruz, no estádio José Rocha. O treinador Leandro Sena deve voltar a realizar modificações na equipe, uma vez que alguns dos nomes que vinham sendo aproveitados como titulares, deixaram o clássico reclamando de contusão ou sequer chegaram a entrar em campo na segunda rodada do Campeonato Estadual.


Dos que estão em tratamento médico, o caso apontado como o mais complicado é o do atacante Iago, que vinha reclamando de dores na coxa, ficou fora da estreia alvirrubra no Estadual contra o Potyguar de Currais Novos, mas atuou contra o ABC, voltou a reclamar de dores e os exames de imagem mostraram uma lesão de grau dois no coxa, o que deve afastar o atleta dos gramados por, pelo menos, 14 dias. O zagueiro Jean Pierre, em tratamento de dores no joelho, só deve reaparecer na quarta rodada.


A boa notícia fica por conta de Luiz Paulo, sacado da relação de atletas aptos a participar do clássico da rodada passada momentos antes de a equipe entrar em campo. O motivo do corte foi uma infecção por rotavírus, o que dá chance do lateral-esquerda ficar à disposição da comissão técnica para encarar o Santa Cruz.


Agora uma baixa certa será a do lateral-direira Allef, expulso na rodada passada e que terá de cumprir suspensão automática. Para a posição, Sena conta com Norberto, que apesar de ser um meio-campista de origem, também pode ser aproveitado como lateral-direita, por ser um jogador bivalente, como Allef.


Com algumas peças para mexer, Leandro Sena vai buscar intervir apenas nas posições consideradas necessárias, uma vez que vem buscando fazer do entrosamento da equipe, uma arma letal frente aos seus adversários, dentro dessa primeira fase do Campeonato Potiguar. O treinador vem gostando do desempenho apresentado pelo grupo.


“Norberto é um meia de origem, mas também atua muito bem como lateral. A questão é que o atleta não realizou o trabalho de pré-temporada completo e nós temos de monitorar a situação dele nas partidas. Isso até que ele consiga alcançar os demais em termos de preparação física. Então não é sempre que poderemos lançar o atleta na lateral, mas sem sombra de dúvida é uma peça que agrega bastante qualidade ao grupo”, destacou o comandante alvirrubro.


Para o setor ofensivo, com a baixa de Iago, Leandro Sena apontou boas opções com Frank, que quando precisou entrar foi bem, também disse que Wamerson surge como uma alternativa de velocidade, então não se trata de um setor que preocupa tanto.


Vale salientar que a equipe alvirrubra ainda não foi vazada na nova temporada. Em quatro partidas oficiais a equipe vem apresentando um bom aproveitamento. A equipe iniciou o calendário goleando o Moto Club-MA por 5 a 0, depois empatou diante do CSA, em Alagoas, bateu o Potyguar-CN por 4 a 0 e agora empatou sem gols com o rival ABC, conseguindo segurar o adversário mesmo após ter um jogador expulso.


Isso faz Leandro Sena apostar que o grupo está em franca evolução e que a tendência é o futebol da equipe crescer nas próximas rodadas. Na visão do treinador o baixo índice de oportunidades criadas no clássico, ocorreu porque o rival se preparou bem para marcar as principais jogadas ofensivas alvirrubras, foi feliz e não deu qualquer espaço extra para o artilheiro Wallace Pernambucano. Assim como o sistema defensivo americano, conseguiu segurar o adversário.


ABC


Foto: Rennê Carvalho


Em meio a euforia da torcida, que continua atendendo ao chamamento da diretoria e engrossando o número de sócio-torcedores, programa que está perto de bater a marca de dez mil adimplentes, o ABC terá mais um compromisso hoje pelo Campeonato Estadual. Agora a equipe vai fazer seu primeiro jogo como visitante, diante do Globo, no estádio Barrettão, em Ceará-Mirim, em partida prevista para ter início às 20 horas.


Ciente de que necessita dar ritmo ao grupo titular, que fez apenas um compromisso oficial na temporada, o treinador Fernando Marchiori deve insistir com basicamente a mesma formação que mandou a campo no clássico. Ocorrendo alguma mudança, essa deve ser o desmonte da linha com três zagueiros, para dar uma tendência mais ofensiva a equipe.


Já em contagem regressiva para estreia na Copa do Nordeste, diante do Sport, em Recife, o comandante alvinegro não quer a equipe com a cabeça no futuro, mas sim no presente, que será o confronto pela terceira rodada do Campeonato Estadual. Fernando Marchiori sabe que terá uma maratona de jogos pela frente e vem buscando trabalhar o grupo de modo a rodar das peças para evitar sobrecarga do grupo tido como principal.


Com uma vitória e um empate, o ABC lidera o grupo A e a meta da comissão técnica é obter a classificação para segunda fase o quanto antes, para facilitar o processo de rodízio do elenco, uma vez que a fórmula da competição local contempla os dois primeiros colocados de cada grupo, sem garantir qualquer tipo de vantagem na fase posterior ao clubes.


O goleiro Simão se mostrou feliz com a produção da equipe, que ainda não foi vazada no campeonato. Ele aponta como o motivo para o bom desempenho, o nível de comprometimento na marcação que o ABC.


“Estamos há dois jogos sem sofrer gols, o mérito é de toda equipe, que marca o adversário a partir da linha ofensiva, realizando uma pressão muito grande, o que evita a bola chegar tanto no nosso gol. As que chegaram, consegui ser feliz, mas isso também é reflexo do trabalho que nós desenvolvemos diariamente no clube”, afirmou.


Simão acredita que o ABC poderia ter saído com um resultado melhor do clássico, pois o time jogou para vencer e dominou as ações dentro de campo. O goleiro abecedista acredita que o adversário também teve o seu mérito, mas mesmo sem conseguir os três pontos o Alvinegro mostrou estar no caminho correto e que vai continuar evoluindo.


“Nossa pegada está muito boa, o ritmo também, porém precisamos mostrar um pouco mais de tranquilidade quando a bola estiver no ataque, que é para rodar a bola, buscando os melhores espaços e o melhor momento para furar a zaga adversária”, ressaltou.


O goleiro garante que as atenções do ABC estão voltadas apenas para a partida diante do Globo, quando eles sabem da necessidade de uma vitória para cumprir a primeira meta do grupo, que é a vaga na segunda fase. “Já tive a oportunidade de atuar no campo de Ceará-Mirim, sei que é muito difícil atuar lá por se tratar de um estádio em que venta muito. Temos de atuar lá muito melhor daquilo que conseguimos produzir na última rodada, a fim de garantir os três pontos e aliviar a pressão na tabela de classificação”, frisou.

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page