Fábio Faria abre mão de candidatura ao Senado e vai apoiar Rogério Marinho



O ministro das comunicações, Fábio Faria, abriu mão da pré-candidatura ao Senado e vai apoiar a canmdidatura do ministro do Desenvolvimento Regional, Roberto Marinho. A informação foi veiculada inicialmente pelo jornal Valor Econômico e confirmada por Fábio Faria em entrevista coletiva no Planalto.


O ministro das Comunicações alegou, ainda, que “tirou um tempo de férias e pensei junto com a minha família, até porque esses dois últimos anos foram anos intensos de trabalho e tomei essa decisão, estou muito tranquilo, porque foi tomada com muito tempo pensando”. Politicamente, o ministro Fábio Faria deixou claro que “em nenhum momento o presidente Jair Bolsonaro interveio nessa decisão”, pois “todas as vezes que a gente conversou com ele, dizia que “vocês dois têm que se decidir”


A definição ocorre dentro do prazo estimado pelos próprios ministros, na mais recente visita de Bolsonaro ao Rio Grande do Norte, que a definição sairia até o final do mês. Na ocasião, Faria afirmou que estava alinhado com Marinho para "garantir o melhor para o futuro do RN e do Brasil", enquanto o chefe do Desenvolvimento Regional do GF disse que o diálogo "iria convergir para um nome".


Informações do Valor Econômico

31 visualizações0 comentário