Festas de Sant'Ana do interior do RN serão patrimônios culturais imateriais


Foto: Canindé Soares


As Festas de Sant'Ana, das cidades de Currais Novos, Caicó e Santana do Matos, serão consideradas patrimônios culturais imateriais do Rio Grande do Norte. De autoria do deputado estadual Ubaldo Fernandes (PSDB), o Projeto de Lei 354/2019 foi aprovado, por unanimidade, na sessão plenária desta terça-feira (14), e agora segue para sanção do governo do Estado.


Em 2010, a Festa de Sant'Ana de Caicó foi reconhecida como patrimônio cultural do Brasil. O evento tem os primeiros registros datados de 26 de julho de 1748. Ela foi considerada como "profundamente enraizada na história da cidade, em particular, e do sertão potiguar, em geral" para entrar no Livro de Registro das Celebrações do Iphan.


As manifestações culturais, de acordo com o Iphan, remontam à formação da cidade no século XVIII. Os ritos litúrgicos também se entrelaçam com outras atividades e contribuem para a construção das identidades caicoense, em particular, e seridoense, em geral. A culinária sertaneja, o artesanato, os bordados, a música são exemplos de formas de expressão do sertão potiguar desenvolvidas durante a festa.


Informações Tribuna do Norte

2 visualizações0 comentário