Festival DoSol tem programação presencial confirmada em 2022


Foto: Divulgação


Após dois anos de pandemia, muitas lives, e uma tentativa de volta no verão, o DoSol anunciou oficialmente sua programação presencial para 2022. O combo de atrações será realizado entre abril e maio, e inclui o Festival Dosol, o Bloco da Greiosa, o Pôr do Som & DoSol, e mais uma temporada de ações culturais no Memorial Câmara Cascudo. Ao todo, a maratona de som prevê uma quantidade de mais de 50 shows programados. Todas as atividades serão realizadas no centro histórico da capital, com ocupação do pátio externo da Capitania das Artes e do Memorial Câmara Cascudo.


A temporada será aberta no dia 10 de abril, com a leva de shows do Festival DoSol que seria primeiramente em janeiro, mas foi adiado pelo crescimento de casos do coronavírus na ocasião. No jardim externo da Funcarte tocarão Àttooxxá (BA), Academia da Berlinda (PE), Seu Pereira e Coletivo 401 (PB), Orquestra Greiosa & Felipe Cordeiro (RN/PA), Luísa e os Alquimistas (RN), Skarimbó (RN), Bia e os Becks (PI). Os ingressos para esse dia já estão esgotados. O som volta dia 23/04 com Marina Sena (MG), Ferve & Bixarte (RN/PB), Coisaluz (RN), Fortunato e os Jovens de Ontem (RN), Aiyra (RN), Luana Flores (PB), e Carol Porto (RN).


Gratuitos


Uma das novidades do DoSol para 2022 é a volta dos shows semanais. Serão shows com retiradas de ingresso gratuitas, que vão rolar nas áreas externas e internas do Memorial Câmara Cascudo, centenário prédio histórico da Cidade Alta. Estão previstos shows, oficinas e residências artísticas no local. A programação começará dia 02 de abril com Eddie (PE), Ferve & Aiyra (RN/PB), DinizK9 (RN) e Jaiara Fontes (RN); dia 09/04 com Rux (RN) e Mari Santana (PB); 16/04 com Orquestra Boca Seca (RN) e Simona Talma (RN).


Segue no dia 22/04 com Backdrop Falls (CE), End Of Pipe (SC), Born to Freedom (RN) e The Sinks (RN); de 27 a 29/04 terá residência artística com Cabocla de Jurema e convidados; 30/04 com Cabocla de Jurema e Coco de Rosa (RN). A partir de 07 de maio começará o Pôr do Som & DoSol, com Camarones Orquestra Guitarrística (RN), Frevo do Xico (RN), Manoel Cordeiro (PA), Skarimbó (RN), Ragganorte (RN), e PatrickTor4 (PE). No dia 14/05 se apresentarão Casazuja (RN) e Ártemis (RN); de 17 a 20/05, residência artística com a cantora Clara e convidados; dia 21/05 com Ângela Castro e Buena Onda (RN) e Clara (RN).


Som no jardim


A partir de 28 de maio entram em cena o Bloco da Greiosa junto com o Pôr do Som & DoSol, no jardim externo da Capitania das Artes. No primeiro dia o acesso será gratuito com apresentações da Orquestra Greiosa (RN), Dusouto (RN), Dani Cruz (RN), AnandaK (RN), Amém Ore (RN), Gatunas (PB), e Luaz (RN). No dia 29/05 o acesso será pago, com shows de Rachel Reis (BA), FBC (MG), e Gilsons (RJ).

O produtor Anderson Foca explicou que para comemorar os 20 anos do DoSol foi construída uma sólida parceria com o governo do estado e a prefeitura de Natal, também como uma soma de forças para voltar às atividades culturais paradas em decorrência da pandemia. “Muitas salas culturais fecharam suas portas e fazer ações dentro de espaços públicos é um imenso sinal de que a comunidade, governo e artistas estão comprometidos com essa retomada”, disse.

Ana Morena, também produtora do DoSol, celebra o retorno do festival para o seu berço, o centro histórico. “Sempre foi a nossa cara. Quando o Centro Cultural DoSol fechou na Ribeira, ficamos num hiato e retornar para o lugar onde o DoSol nasceu, emociona. Ainda mais depois de tanto tempo parados sem atividades presenciais. Estamos caprichando na programação e empolgados com essa temporada no Memorial. Vai ser um ano de muita energia cultural pra todos nós”, afirmou.

Serviço:

Festival DoSol e outras programações. De 10 de abril a 29 de maio. Dias pagos com ingresso no Sympla.

5 visualizações0 comentário