top of page

Francisco completa 10 anos como Papa e revoluciona Igreja; veja 10 frases marcantes do pontífice


Foto: REUTERS/Remo Casilli


Há exatos 10 anos, o cardeal argentino Jorge Mário Bergoglio assumiu o comando da Igreja Católica, tornando-se o primeiro papa latino-americano da história. Francisco, como passou a se chamar ao chegar ao cargo, sucedeu o alemão Joseph Ratzinger, o Bento XVI, que renunciou ao papado. Aos 86 anos, Francisco é considerado um dos maiores líderes da histórica recente da igreja católica.


Ao ser eleito papa, Francisco pediu orações pelos seus antecessores e pediu que os fiéis cuidassem uns dos outros. Desde o início de seu papado, ele tem se concentrado em reformar a Cúria Romana, o governo central da Igreja Católica. Ele criou um conselho de cardeais para ajudá-lo a governar a Igreja e estabeleceu uma nova secretaria de economia para garantir maior transparência financeira.


Em 2015, Francisco escreveu a encíclica Laudato Si', que aborda questões ambientais e pede ações para proteger o meio ambiente e combater as mudanças climáticas. A encíclica foi bem recebida por líderes mundiais e cientistas, e Francisco continua a defender a proteção do meio ambiente como uma parte importante do ensinamento católico.


outra área muito abordada pelo Papa durante os últimos dez anos foi a discussão sobre questões envolvendo as famílias. Em 2014 e 2015, Francisco convocou dois sínodos de bispos para discutir questões relacionadas ao tema. Nesses sínodos foram abordadas questões como divórcio e recasamento, homossexualidade e contracepção. As discussões foram controversas, mas Francisco enfatizou a importância de ouvir todos os pontos de vista.


Na área humanitária, Francisco tem sido um forte defensor dos migrantes e refugiados, pedindo que os países os acolham com compaixão e generosidade. Ele visitou campos de refugiados em várias ocasiões e pediu que a Igreja Católica e outras organizações ajudem os migrantes em necessidade.


Na própria América Latina, Francisco apoiou os esforços de paz na Colômbia. Ele se encontrou com líderes das FARC e incentivou o processo de paz, que levou a um acordo histórico entre o governo e os rebeldes. Já sobre Amazônia, em 2019, Francisco convocou um sínodo especial para discutir questões relacionadas à floresta, incluindo a proteção ambiental e os direitos dos povos indígenas. O sínodo gerou debates acalorados, mas Francisco enfatizou a importância de ouvir as vozes da região e de proteger sua biodiversidade.

Durante a pandemia de COVID-19, Francisco ofereceu conforto e esperança aos fiéis em todo o mundo. Ele realizou missas em locais vazios e pediu aos fiéis que respeitassem as medidas de saúde pública para proteger a si mesmos e aos outros.


Popularidade

Apesar de várias pessoas fazerem a comparação, é difícil saber quem foi mais popular: o papa Francisco ou o papa João Paulo II. Eles lideraram a Igreja Católica em épocas diferentes, em contextos diferentes e tiveram desafios e sucessos diferentes. No entanto, é seguro dizer que ambos os papas foram e são muito populares.


João Paulo II, que liderou a Igreja Católica de 1978 a 2005, é frequentemente lembrado como um papa carismático e um líder global. Ele viajou para mais de 100 países e foi conhecido por suas habilidades de comunicação e sua forte defesa dos direitos humanos. Sua popularidade pode ser atribuída em parte ao fato de que ele liderou a Igreja Católica durante um período de grandes mudanças mundiais, incluindo o colapso do comunismo na Europa Oriental.


Francisco, por sua vez, ficou conhecido por sua simplicidade e seu compromisso com os pobres e marginalizados. Ele se concentrou em questões como a proteção do meio ambiente, a imigração e a reforma da Igreja Católica. Sua popularidade pode ser atribuída em parte, também, ao fato de que ele é o primeiro papa latino-americano, o que o torna uma figura importante para os católicos da América Latina e do mundo todo.


Veja 10 frases marcantes na trajetória de Francisco:


"A globalização da indiferença nos tirou a capacidade de chorar" - Papa Francisco, em sua homilia na Ilha de Lampedusa, em 2013, sobre a tragédia dos imigrantes que morrem no Mediterrâneo.


"O verdadeiro poder é o serviço" - Papa Francisco, em uma audiência geral em 2013, enfatizando a importância do serviço e da humildade.


"A igreja deve ser um hospital de campanha, com as portas abertas a todos" - Papa Francisco, em entrevista concedida em 2013, destacando a importância de acolher a todos sem julgamento.


"A paz não é simplesmente a ausência de guerra, mas a presença de justiça" - Papa Francisco, em seu discurso ao Congresso dos EUA em 2015, enfatizando a importância da justiça para alcançar a paz.


"O dinheiro deve servir, não governar" - Papa Francisco, em sua encíclica "Laudato Si" de 2015, sobre o cuidado com o meio ambiente.


"Não tenham medo de ser santos" - Papa Francisco, em sua exortação apostólica "Gaudete et Exsultate" de 2018, encorajando os fiéis a buscar a santidade.


"Os migrantes são nossos irmãos e irmãs em busca de uma vida melhor, longe da pobreza, violência e guerra" - Papa Francisco, em seu discurso às Nações Unidas em 2015, enfatizando a importância de acolher os migrantes.


"A cultura do encontro requer que estejamos dispostos a ouvir, aprender e compartilhar" - Papa Francisco, em seu discurso ao Congresso Mundial de Comunicações Sociais em 2016, destacando a importância do diálogo e da escuta.


"A esperança é a virtude que nos coloca a caminho, nos dá asas e nos faz sentir que podemos viver com dignidade" - Papa Francisco, em sua mensagem de Natal de 2019, destacando a importância da esperança.


"O desenvolvimento humano integral exige o cuidado com o meio ambiente, a solidariedade com os pobres e o exercício da justiça" - Papa Francisco, em sua encíclica "Laudato Si" de 2015, sobre o cuidado com o meio ambiente.

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page