top of page

Futuro no palco: espetáculo 'Sinapse Darwin' chega a lugares inéditos nesta semana

O visual futurista e a mensagem otimista do espetáculo “Sinapse Darwin” chegarão a lugares inéditos nesta semana. A peça estará na zona norte pela primeira vez nesta terça-feira (25), com sessões às 18h e às 20h, no Ginásio do IFRN; e na sexta (28), será a vez do Cine Teatro Parnamirim, na área externa, às 19h. A obra da produtora Casa de Zoé mergulha nas aventuras da ancestralidade humana ao abordar a vida do naturalista britânico Charles Darwin (1809-1882), teórico maior da evolução. O espetáculo já passou por Mossoró, Assu e Caicó, dentro do circuito patrocinado pelo edital “Transformando Energia em Cultura” e Lei Câmara Cascudo.


A peça é executada sobre uma estrutura autônoma de luz, som e palco, tudo pertencente à Casa de Zoé, podendo ser armada em qualquer lugar, tudo com um visual estremamente futurista


A narrativa de “Sinapse Darwin” é realizada através dos caminhos livres do pensamento. Sem obedecer ao tempo e à geografia exatos, são mostrados fatos da vida de Darwin como nascimento, formação e jornada, transfigurados pela memória do próprio naturalista e pesquisador. Requisitando a imaginação, elementos de teorias contidas em “A Origem das Espécies” vão sendo gradualmente revelados a partir de um olhar sobre o próprio cotidiano de seu autor.

A história de Darwin chama atenção por sua disposição a diferentes geografias, pelo respeito e admiração às diversidades étnicas, e pela perspicácia em estabelecer os princípios científicos para sustentação de suas afirmações. Darwin não foi o primeiro a dizer que a vida na terra é derivada de uma longa e diversa cadeia evolutiva. Além do filósofo muçulmano Al-Jahiz, há mil anos, o próprio avô de Erasmus já alertava sobre esse processo.


A peça é executada sobre uma estrutura autônoma de luz, som e palco, tudo pertencente à Casa de Zoé, podendo ser armada em qualquer lugar. A direção musical do espetáculo é de Caio Padilha, que executa toda a trilha sonora ao vivo. O espetáculo tem direção geral e dramaturgia de César Ferrario, e direção de arte de João Marcelino.


A Casa de Zoé é uma produtora idealizada pela atriz Titina Medeiros, com o intuito de promover encontros artísticos e suas derivações criativas. Tendo como seu primeiro grande projeto o espetáculo “Meu Seridó” (2017), essa realizadora de arte e cultura tem ênfase voltada para teatro, mas já despontando também com projetos em diversas outras áreas de expressão.

Titina ressaltou que “Sinapse Darwin” é, na essência, um espetáculo sobre otimismo e esperança no futuro. “Darwin fala de esperança, de renascimento, de evolução, e acho que o espetáculo significa isso pra gente, superação. É uma alegria muito grande poder voltar aos palcos, encontrar nosso público, mais ainda em um espetáculo como esse, um espetáculo para todo mundo, para as massas, então isso chega assim com uma força, da alegria de viver, de estar vivo!”, declarou.


“Estamos muito felizes em levar a peça pela primeira vez à zona norte de Natal, e em parceria com o IFRN, oportunizando teatro gratuito para os alunos, professores e pessoas da comunidade. E em Parnamirim, será um presente realizar isso na rua, do lado do Teatro Municipal da cidade", comentou o coordenador de produção Arlindo Bezerra.

Renata Chagas, diretora do Instituto Neoenergia, celebrou o fato de ações como esta aproximarem ainda mais o público das artes cênicas. “Acreditamos que os projetos socioculturais desenvolvidos são propulsores para o desenvolvimento local e sustentável, contribuindo para a transformação de pessoas e da nossa sociedade. Ficamos felizes em apoiar iniciativas por meio do nosso edital Transformando Energia em Cultura”, ressaltou.

Serviço:

Espetáculo “Sinapse Darwin”. Terça (25), às 18h e 20h no Ginásio do IFRN, Potengi (zona norte); sexta (28), às 19h, na área externa do Teatro Cine Parnamrim. Acesso gratuito.



Por Tribuna do Norte

9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page