top of page

Governo paga parte da dívida e anestesistas avaliam fim da paralisação

O Governo do Estado pagou parte da dívida com a Cooperativa dos Anesteseologistas do Rio Grande do Norte nesta quinta-feira (12). Um dos dois meses que estavam em atraso foi quitado. Com isso, os profissionais discutem internamente a possibilidade de término da paralisação iniciada há 29 dias.


Fila para cirurgias e exames tem aumentado com a paralisação da Cooperativa dos Anestesistas / Adriano Abreu


Desde o dia 15 de dezembro, os profissionais da Coopanest suspenderam a prestação de serviços em cirurgias e exames eletivos em contratos com a Prefeitura do Natal e Governo do Estado. Quem depende desse tipo de procedimento nesse período ficou impossibilitado de fazer.


Segundo a Cooperativa, o Governo do Estado ainda tem o pagamento de um mês em atraso, na ordem de R$ 1 milhão.

A Prefeitura de Natal também tem um repasse de R$ 600 mil pendente. O valor é referente aos honorários médicos dos serviços prestados referentes à parte de média e alta complexidade de outubro de 2022. Uma reunião com o secretário municipal de Saúde, George Antunes, está marcada para esta sexta-feira (13) a fim de encontrar uma solução para o impasse.


Após a reunião marcada com a Secretaria Municipal de Saúde, às 9h, a direção da Coopanest irá se reunir para decidir o fim da paralisação e sobre o retorno imediato das atividades.





Por Tribuna do Norte

1 visualização0 comentário
bottom of page