top of page

Harvard nomeia primeira mulher negra para ocupar a presidência

Claudine Gay assumirá o cargo em julho de 2023 e é a primeira pessoa negra a ocupar o cargo.


Claudine Gay é a segunda mulher a ocupar o cargo. — Foto: Divulgação/Harvard


A Universidade de Harvard nomeou nesta quinta-feira (15) Claudine Gay, reitora da faculdade de Artes e Ciências, como sua 30ª presidente, tornando-a a primeira pessoa negra e a segunda mulher a ocupar o cargo.


Ela, que ingressou em Harvard como professora de Governo em 2006, sucederá Lawrence Bacow como presidente da prestigiada universidade. Ela assumirá o cargo em julho de 2023.


"Ela é uma líder notável, profundamente dedicada a sustentar e aprimorar a excelência acadêmica de Harvard", disse Penny Pritzker, secretária do Departamento de Comércio dos EUA no governo do presidente Barack Obama e presidente do comitê de busca, em comunicado por escrito.

Claudine assumirá o cargo de presidência em Cambridge, Massachusetts, em um momento de declínio de matrículas em muitas faculdades e universidades dos EUA. Isso se deve a avaliação do custo benefício de cursar o ensino superior, uma vez que as altas mensalidades são um impeditivo para muitos.


De acordo com o site da instituição, o valor para estudantes em período integral é de 54.768 dólares por ano.


Em um comunicado por escrito, ela afirmou que este é um momento de entrada em novas possibilidades, junto com a "força desta instituição extraordinária".


"Há uma urgência para que Harvard se envolva com o mundo e traga um pensamento ousado, corajoso e pioneiro para nossos maiores desafios", disse Claudine .

A universidade recebeu, neste ano, doações que totalizaram 50,9 bilhões dólares, vindas de 14.000 fundos diferentes. Fundada em 1636, é a instituição de ensino superior mais antiga dos Estados Unidos.







Por g1

7 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page