Instituto Lucas Santos é criado para ajudar adolescentes vítimas de cyberbullying em Natal



A cantora Walkyria Santos e o empresário César Soanata anunciaram esta semana a criação do Instituto Lucas Santos, em memória ao filho que morreu em agosto, na Grande Natal. O anúncio do projeto foi realizado pelas redes sociais.


A cantora enfatizou que a intenção é prestar assistência a adolescentes vítimas de cyberbullying, lembrando que os "ataques podem desencadear depressão, baixa autoestima, ansiedade".


O empresário estará à frente do instituto e, também em uma rede social, destacou que "no velório do meu filho, prometi a ele que a partida dele não seria em vão".


"A nossa ideia é não só criar uma clínica de psicologia, psiquiatria, e, sim, um centro de convivência e acolhimento ao jovem, onde ele possa ter esse acompanhamento profissional, mas que a gente possa oferecer atividades como um curso de música, uma aula de teatro, que a gente possa colocar uma sala de vídeo para filmes", declarou.


O empresário contou que "o grande 'x' da questão da maioria destes jovens é que eles se sentem ausentes da sociedade, como se não existissem".

"Queremos ajudar os jovens e tenho certeza que meu filho está muito orgulhoso com isso que a gente está fazendo. Eu quero fazer alguma coisa, um pouquinho. Se eu conseguir atender um, dois ou 10 jovens, com certeza estarei me realizando como ser humano", concluiu.


Lucas Santos, de 16 anos, foi encontrado morto em casa no dia 3 de agosto. À época, Walkyria contou que o filho havia publicado um vídeo no aplicativo Tik Tok e foi alvo de comentários ofensivos. "A internet está doente", disse ela.


Lançamento

O lançamento oficial do Instituto Lucas Santos será no dia 20 de abril, no Gérbera Recepções, em Nova Parnamirim, na Grande Natal. A noite contará com a participação de Walkyria Santos, Banda Soanata e Amistad, além do DJ Solon Silvestre.


A renda do evento será revertida para a montagem do instituto em Natal. A venda de mesas é feita pelo telefone (84) 98818-4573.

34 visualizações0 comentário