top of page

Linhas de ônibus terão mudanças por conta de obras na Felizardo

A partir da próxima segunda-feira (21), os itinerários das linhas de ônibus que passam pela rua Dr. Mário Negócio sofrerão alterações. Essas mudanças serão necessárias devido às obras na avenida Felizardo Moura e devem durar cerca de 15 dias. A informação foi divulgada pela Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU).

Allyson Costa/UNIBUS RN


No sentido do bairro do Alecrim, as linhas provenientes da avenida Felizardo Moura seguirão pelo Viaduto da Urbana, entrando na Avenida Nevaldo Rocha, Rua dos Pegas, Rua São Geraldo e retornarão para a Rua Dr. Mário Negócio, seguindo o trajeto habitual. Já as linhas que transitam pela rua Dr. Mário Negócio em direção à Zona Norte seguirão pela Rua Manoel Andrade, Avenida Nevaldo Rocha, Viaduto da Urbana e, em seguida, acessarão a avenida Felizardo Moura, continuando o itinerário normal. A STTU garantiu que haverá agentes de mobilidade na área para reduzir os transtornos durante esse período.

As obras de requalificação da Av. Felizardo Moura preveem melhorias na infraestrutura da via, contemplando a execução de serviços como drenagem, pavimentação, acessibilidade, calçadas e ciclovias. O projeto vai viabilizar mais uma faixa reversível e garantir maior fluidez ao trânsito, segurança para pedestres, ciclistas, usuários de veículos e transporte público.

A obra é estimada em investimentos da ordem de R$ 43 milhões, oriundos do Governo Federal com contrapartida da Prefeitura do Natal.


Corujão

A Prefeitura de Natal divulgou, na última segunda, o retorno das operações das linhas Corujão, com efetivação a partir desta madrugada. No total, serão quatro linhas em funcionamento, das quais duas, seguirão o formato convencional, operando 24 horas, e as outras duas serão de caráter especial. As linhas em questão são: O-33 (Planalto/Praia do Meio), N-73 (Santarém/Ponta Negra), A (Ribeira/Cidade Alta/Petrópolis/Zona Norte) e E (Felipe Camarão/Cidade da Esperança/Ponta Negra).

Essa medida faz parte do acordo judicial envolvendo a Prefeitura, Seturn e DPE, com o objetivo de ampliar o atendimento do transporte público coletivo, especialmente para os trabalhadores do setor de bares, restaurantes e hotéis, que poderão gerenciar melhor seus horários de funcionamento.



Tribuna do Norte.

15 visualizações0 comentário
bottom of page