top of page

Luiz Schiavon, tecladista e fundador da banda RPM, morre em São Paulo aos 64 anos

Ele estava internado em um hospital em Osasco, na Grande São Paulo. Segundo a família, músico lutava contra uma doença autoimune. Ele passou por uma cirurgia e teve complicações após o procedimento.

Luiz Antônio Schiavon é o tecladista da banda RPM, que fez show em Rio Preto — Foto: Natália Clementin/G1


Luiz Schiavon, tecladista e fundador da banda RPM, morreu nesta quinta-feira (15), em São Paulo, aos 64 anos. A informação foi confirmada, em nota, pela família do músico.


Maestro, compositor, fundador e tecladista de uma das bandas de maior sucesso da história do pop rock do Brasil, Schiavon estava internado em um hospital em Osasco, na Grande São Paulo.

Segundo a esposa de Schiavon, ele lutava contra uma doença autoimune. Nas últimas semanas, tinha passado por uma cirurgia e sofreu complicações após o procedimento.


"É com pesar que a família comunica o falecimento de Luiz Schiavon. Ele vinha lutando bravamente contra uma doença autoimune há 4 anos mas, infelizmente, ele teve complicações na última cirurgia de tratamento e não resistiu."

Banda RPM — Foto: Divulgação


O velório e enterro serão reservados apenas aos amigos e parentes.


"Luiz era, na sua figura pública, maestro, compositor, fundador e tecladista do RPM, mas acima de tudo isso, um bom filho, sobrinho, marido, pai e amigo. Portanto, a família decidiu que a cerimônia de despedida será reservada para familiares e amigos próximos e pede, encarecidamente, que os fãs e a imprensa compreendam e respeitem essa decisão. Esperamos que lembrem-se dele com a maestria e a energia da sua música, um legado que ele nos deixou de presente e que continuará vivo em nossos corações."



Banda RPM com a formação anunciada em junho de 2018 — Foto: Divulgação



Com informações do g1.

0 visualização0 comentário
bottom of page