top of page

Lula se reúne hoje com o presidente do Uruguai para “fortalecer laços comerciais”

Presidente participa de reuniões bilaterais ao longo da semana para tentar melhorar as relações econômicas do Brasil com outros países.


Lula esteve na Argentina para encontros bilateraisREUTERS/Agustin Marcarian


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) continua sua série de viagens internacionais nesta quarta-feira (25). Ele vai ao Uruguai, onde encontra o presidente Luis Lacalle Pou para “fortalecer os laços comerciais e de amizade com o país vizinho”, segundo nota divulgada pelo Palácio do Planalto.


O petista já teve uma série de encontros bilaterais ao longo da semana para tentar fortalecer as relações de comércio exterior do Brasil. Ele foi à Argentina na noite de domingo e já se reuniu com os presidentes da Argentina, Alberto Fernández, e de Cuba, Miguel Díaz-Canel.



Em seu discurso na abertura da cúpula da Celac, Lula pregou a reintegração entre os países sul-americanos. A participação do petista ao evento foi simbólica, já que o ex-presidente brasileiro Jair Bolsonaro (PL) rompeu com a comunidade em 2020 por divergências com Cuba e Venezuela.


“Há uma clara contribuição a ser dada pela região para a construção de uma ordem mundial pacífica, baseada no diálogo, no reforço do multilateralismo e na construção coletiva da multipolaridade”, disse o petista.


A Celac é um bloco composto por 33 países, que busca a promoção do diálogo político, da concertação e da cooperação regional para o desenvolvimento.


No mês que vem, no dia 9 de fevereiro. está prevista a ida do petista aos Estados Unidos, onde terá agenda com Joe Biden marcada para o dia seguinte.


Moeda comum



“O que nós estamos tentando trabalhar agora é que nossos ministros da Fazenda, cada um com sua equipe econômica, possa nos fazer uma proposta de comércio exterior e de transações entre os dois países, que seja feito numa moeda comum a ser construída com muito debate, muitas reuniões. Isso é o que vai acontecer”, disse Lula.


“Se dependesse de mim, a gente teria comércio exterior sempre nas moedas dos outros países para que a gente não tenha que depender do dólar. Por que não tentar criar uma moeda comum entre os países do Mercosul? Por que não tentar criar uma moeda comum entre os países do Brics?”, acrescentou o petista.


Meio ambiente

Também está prevista uma reunião de Lula com o ex-presidente uruguaio Pepe Mujica. Tanto ele quanto Lacalle Pou estiveram no Brasil para a posse de Lula.


Anteriormente, o governo uruguaio informou que o convite para a ida do petista até o país foi feito pelo atual líder.


Lula também receberá um prêmio por “sua atuação em defesa do meio ambiente tanto em seus mandatos anteriores quanto em declarações e ações recentes”, que será entregue pela prefeita de Montevidéu, Carolina Cosse.


Conforme o cronograma divulgado pelo Planalto, a chegada do petista está prevista para 11h. A reunião com Lecalle Pou acontecerá em seguida, às 12h. Após isso, haverá declaração à imprensa.


Às 15h, acontecerá a cerimônia para entrega da medalha “Más Verde”, e, às 16h30, a visita a Mujica em sua chácara, acompanhada pela primeira-dama Rosângela da Silva, a Janja.


Também participam da viagem ao Uruguai o chanceler Mauro Vieira, os ministros Fernando Haddad, da Fazenda; Luciana Santos, da Ciência, Tecnologia e Inovação; Márcio Macedo, da Secretaria-Geral da Presidência da República; e o assessor especial da Presidência, embaixador Celso Amorim.


Ao final dos compromissos em solo uruguaio, Lula deve retornar ao Brasil.





Com conteúdo da CNN Brasil.

3 visualizações0 comentário
bottom of page