top of page

Manaus é o adversário dos sonhos do América

Nada como ter a tarefa de se recuperar de uma derrota indigesta para o São José, diante de um adversário que não vem realizando uma boa campanha da Série C, está na zona de rebaixamento e chegará na capital potiguar como o clube de pior campanha como visitante. Esse é o retrato do próximo jogo do América pela Série C, na Arena das Dunas, marcado para o próximo domingo.



Canindé Pereira


Além de perder todos os seus jogos realizados na casa dos adversários, o Manaus, em seis confrontos, conseguiu marcar apenas um gol. Outro ponto favorável aos potiguares no confronto, é que o sistema defensivo dos manauaras se mostra extremamente vulnerável nestes jogos. A prova disso é que a equipe sofreu dez gols na condição de visitante.


Incógnita

A incógnita é: será que o ataque do América, o pior da competição ao lado do Pouso Alegre, vai funcionar? Essa tarefa está árdua para o lado do treinador Thiago Carvalho, que vem sofrendo com a má fase dos homens de frente. Nem os reforços chegados estão conseguindo dar conta do recado, só que a partir da 12ª rodada, a equipe potiguar vai necessitar mais que nunca dos seus artilheiros.


A matemática é simples, para ter uma boa chance de classificação para segunda fase ao final da fase atual, o Alvirrubro terá de atingir o patamar de 28 pontos, como está com 12, na 15ª colocação, a equipe vai necessitar conquistar mais 16 pontos nos 21 pontos que ainda tem a disputar.


Números

Isso vai obrigar a equipe comandada por Thiago Carvalho a ter um aproveitamento de 76%, o que não se consegue com uma equipe em desequilíbrio, dentro de uma competição tão disputada quanto a Série C. O histórico do Brasileirão mostra uma tendência muito grande de empates na reta final da fase de classificação, uma vez que as equipes tendem a ficar ainda mais competitivas atrás de seus objetivos.


A sequência americana até o final da primeira fase é a seguinte: América x Manaus/AM, Altos/PI x América, São Bernardo/SP x América, América x Paysandu/PA, Figueirense/SC x América, América x Pouso Alegre/MG, América x Aparecidense/GO e Floresta/CE x América.


O desafio dos potiguares para chegar ao patamar exigido é que ele terá de fechar a participação com cinco vitórias e um empate. A margem de erro também é considerada muito pequena, a partir de agora o clube só terá margem para duas derrotas sem sofrer maiores consequências, passando disso a situação pode ficar irrecuperável.




Com informações da Tribuna do Norte.

15 visualizações0 comentário
bottom of page