Alta da cesta básica em Natal é quarta maior do país em novembro



A Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, realizada mensalmente pelo DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) em 17 capitais do Brasil, indicou que o custo médio da cesta básica aumentou em nove cidades no mês de novembro. Entre elas, Natal teve a quarta maior alta (3,25%).


Segundo a pesquisa, as maiores altas nos preços de alimentos básicos ocorreram em cidades do Norte e do Nordeste. Recife lidera o ranking em disparado, com um aumento de 8,13%. Há uma diferença de mais de 4 pontos percentuais comparado ao 2° lugar, Salvador (3,76%). Logo em seguida, vem João Pessoa, com um aumento de 3,62% do valor da cesta básica do mês de outubro para novembro.


Separado por um terço de ponto percentual (0,37%), está Natal. Outras cinco capitais analisadas pela pesquisa do DIEESE tiveram elevação do custo médio da cesta básica: Fortaleza (2,91%), Belém (2,27%), Aracaju (1,96%), Florianópolis (1,40%) e Goiânia (1,33%).


As principais reduções no preço médio no mês de novembro ocorreram em Brasília (-1,88%), Campo Grande (-1,26%) e Rio de Janeiro (-1,22%).


Natal


Na capital potiguar, o valor médio da cesta básica em novembro foi de R$ 521,08. A variação mensal foi de 3,25%, a variação no ano de 2021 até agora foi de 13,58% e a variação em 12 meses de 14,41%.

8 visualizações0 comentário