top of page

No RN, primeira semana de vacinação contra a dengue atinge 9% do público

Em Natal, foram aplicadas 15,59% das doses recebidas pelo Ministério da Saúde. Novos pontos de vacinação foram incluídos - Foto: Magnus Nascimento


Uma semana após o início da vacinação contra a dengue nos 19 municípios do Rio Grande do Norte contemplados com o imunizante Qdenga (TAK-003), 4.070 doses foram aplicadas das 45.190 recebidas pelo Ministério da Saúde, até a manhã da última segunda-feira (26), de acordo com a Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap). O valor equivale a 9% das vacinas recebidas no último dia 15 de fevereiro.


A expectativa do Estado é de aplicar todas as doses disponíveis, tendo em conta que o público-alvo – adolescentes na faixa etária entre 10 e 14 anos – é ainda maior que o quantitativo de recebido pelo Ministério da Saúde. De acordo com o Censo Demográfico do Instituto Brasileiro Geografia e Estatística (IBGE), em 2022 o RN contabilizava 229.666 crianças e adolescentes, público da vacinação.


Em Natal, o cenário da vacinação até a segunda-feira (26) não foi diferente do contexto estadual, com 15,59% das doses aplicadas, equivalente a 2.932 doses dos 18.806 imunizantes recebidos, conforme divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Na quinta-feira (22) a vacinação foi estendida para a faixa entre 12 e 14 anos, mas a SMS ressaltou que o público entre 10 e 11 anos que não recebeu a primeira dose pode comparecer em um dos pontos para garantir a imunização.


Na sexta-feira (23), a vacinação em Natal teve a oferta ampliada com pontos extras nos Shoppings Midway Mall e Partage Norte Shopping. A imunização começou de forma escalonada em oito unidades de referência distribuídas nos cinco distritos sanitários da cidade, levando em conta critérios como densidade vetorial, número de casos prováveis detectados por área, com base no atlas divulgado pela SMS, como também do componente socioeconômico da localidade.


A reportagem da Tribuna do Norte esteve na UBS de Brasília Teimosa, no Distrito Leste, na manhã desta terça-feira (27), para verificar o andamento da adesão à campanha. No momento, por volta das 11h18, o movimento no local era baixo, e a vacinação não estava sendo aplicada, devido à pausa para o horário do almoço. Uma mãe que levou sua filha para receber a aplicação do imunizante foi informada que a vacinação voltaria a ocorrer somente no período da tarde. Em contato com a SMS, foi solicitado dados referentes ao quantitativo de doses aplicadas na unidade, mas não houve resposta até o fechamento desta matéria.


O esquema vacinal do Qdenga é composto por duas doses do imunizante com intervalo de três meses entre elas. Para se imunizar, é preciso levar a documento de identificação, cartão de vacinação e comprovante de residência de Natal em nome dos pais, além de estar acompanhado por um responsável maior de idade.


Além dos pontos extras de vacinação, a campanha também acontece nas unidades de Pajuçara e Nordelândia (Norte I); Bela Vista e Jardim Progresso (Norte II), Brasília Teimosa (Leste), Dix-Sept Rosado (Oeste) e Ronaldo Machado (Sul).


Inicialmente, a Sesap aguardava receber 33.310 doses, mas a quantidade “excedente” foi comemorada pelo Estado, que fez uma readequação na distribuição aos municípios que receberam o imunizante. Os municípios têm autonomia para iniciar a aplicação, como ocorreu nas campanhas da covid-19.




Tribuna do Norte.

3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page