top of page

Nova operação combate facção que promove atos criminosos no RN

Uma operação deflagrada na manhã desta quarta-feira (22), visa combater a atuação da organização criminosa que, desde a semana passada, vem promovendo atos criminosos em todo o Rio Grande do Norte. A operação Sentinela cumpriu 13 mandados de prisão e outros 26 de busca e apreensão, nas cidades de Natal, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Macaíba, Canguaretama, Bom Jesus, Santo Antônio, Caiçara do Norte, Acari e Macau.



Operação cumpre mandados de prisão e de busca e apreensão em diversas regiões do Estado / Divulgação


Dois homens foram presos em flagrante na ação. Houve apreensão de armas, drogas, aparelhos de telefonia celular, documentos e dinheiro vivo. Cinco mandados de prisão não foram cumpridos porque os alvos não foram localizados, totalizando 18 prisões já decretadas na operação Sentinela. Essas pessoas já são consideradas foragidas de Justiça.


Todos os mandados foram direcionados a pessoas suspeitas de integrarem o Sindicato do Crime do RN (SDC), organização criminosa vinculada aos ataques à sociedade potiguar na última semana. Entre as 13 pessoas presas, uma é mulher. Dentro da facção, elas são conhecidas como “cunhadas” – mulheres de faccionados que acabam integrando a organização criminosa.


Operação conjunta do MPRN, da Polícia Federal (PF), da Polícia Rodoviária Federal (PRF), da Polícia Militar (PM), da Secretaria Estadual da Administração Penitenciária (Seap) e da Força Nacional.




Com informações da Tribuna do Norte.

13 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page