top of page

Nova secretária de saúde do Estado toma posse

“Aumentar o acesso da população à atenção primária à saúde e investir em inovação tecnológica", afirmou a nova secretária de Estado da Saúde Pública (Sesap), a médica Lyane Ramalho sobre as suas principais prioridades à frente da pasta. Ela anunciou ainda que vai fortalecer e qualificar a assistência dos pacientes diabéticos, além de criar uma "linha" de prevenção ao infarto agudo do miocárdio no Rio Grande do Norte.


Lyane Ramalho, secretária-adjunta da Sesap, diz que Estado retomou eletivas em julho e deve fazer 10 mil procedimentos em 2021 / Divulgação


De acordo com Lyane Ramalho, "temos grandes linhas de cuidados em curso, como a linha da diabetes mellitus, que foi recentemente apresentada, onde está o Regula Vascular, e que tinha uma fila imensa de pacientes com risco de amputação. A fila reprimida não existe, mas temos que continuar qualificando essa linha de cuidados, porque se não essa fila vai voltar acontecer".

No Brasil e no Rio Grande do Norte o diabetes é reconhecido como um importante problema de saúde pública devido a sua alta prevalência e à geração de incapacidades permanentes na população. Logo se faz necessário intervenções para potencializar a prevenção e controle da doença. A linha de cuidado irá contribuir com ações de promoção à saúde, prevenção, detecção e controle da doença.


A secretária destacou que pretende implantar, em parceria com os municípios, um programa de identificação e cuidados de acidente vascular cerebral (AVC) nas Unidades básicas de saúde do estado.

Segundo a secretária, o Ministério da Saúde vai tornar o Rio Grande do Norte "piloto", em um programa de saúde que visa aumentar a cobertura da atenção primária.


"Voltamos semana passada de uma reunião com o Ministério da Saúde, com a secretaria de atenção primária da saúde e eles vão tornar o RN o piloto no aumento da cobertura da atenção primária. Nós vamos conseguir aumentar, através de incentivos do Ministério da Saúde, equipes da atenção primária da saúde nos municípios com baixa cobertura na saúde. Vamos fazer capacitação, educação permanente e trazer médicos, do Mais Médicos, para essas equipes. A gente tem que aumentar o acesso na atenção primária", explicou.


Durante a cerimônia de posse, o ex-secretário Cipriano Maia, que alvo de oito pedidos de indiciamentos por improbidade administrativa na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI da Covid), da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, que investigou os contratos do Governo do Estado durante a pandemia da covid-19, ressaltou que, "o desafio é dar continuidade a todos os projetos e programas que estão instituídos, mas também avançar em algumas outras áreas como, a qualificação da atenção primária que está sendo negociado com o ministério (da Saúde) para ser feita de forma colaborativa". E completou: "Continuar recuperando a rede de hospitais do estado, com obras já anunciadas de quase R$ 50 milhões", pontuou.


Posse


A médica Lyane Ramalho foi empossada como nova secretária de Estado da Saúde Pública (Sesap). Ela assume o cargo que foi ocupado por Cipriano Maia. A cerimônia de posse aconteceu nesta quinta-feira (4). Também tomam posse Leidiane Fernandes de Queiroz (adjunta); Kátia Maria Queiroz Correia (subsecretária de gestão das regiões e redes de atenção) e Talita Araújo de Souza (chefe de Gabinete).




Com informações da Tribuna do Norte.

9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page