top of page

Obra na Felizardo Moura segue dentro do cronograma; previsão de término é março de 2024

Iniciada em setembro de 2022, a obra de modernização da avenida Felizardo Moura continua dentro do cronograma. A previsão de término é em março de 2024, com um investimento na ordem de R$ 43 milhões. Os serviços são uma realização conjunta da Prefeitura de Natal, Governo do Estado e Governo Federal.


Conclusão de drenagem da Felizardo Moura está dentro do cronograma / Manoel Barbosa


Drenagem, pavimentação, calçada, ciclovia e a implantação de faixa reversível, garantindo mais fluidez no trânsito e resultando em um aumento de 30% da capacidade da via, são intervenções previstas na Felizardo Moura, o que vai gerar mais conforto e segurança para pedestres e ciclistas da zona Norte.


De acordo com a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra), foi feito aproximadamente 20% da obra de forma global. Foi promovida a demolição da via (um lado), corte e início da base e sub-base (base é a última camada antes de colocar o asfalto), demolição de meio-fio e instalação de tubos da rede de drenagem. Com isso, a primeira etapa deve ser concluída até o final do mês de janeiro deste ano.

Logo após esses serviços, a Seinfra entrará na pavimentação asfáltica da via (trecho zona Norte - Centro). Em seguida à liberação das faixas do lado direito no sentido Zona Norte/Centro, será a vez da pista do lado esquerdo passar por um serviço semelhante, sem a necessidade de uma segunda rede de drenagem. Dessa forma, o outro lado da avenida deve durar a metade do tempo do que os seis meses demandados na primeira fase da obra.

A moderna drenagem da nova pista está recebendo uma tubulação de alta densidade com interior liso. Esse novo tipo de tubo garante otimização nas redes de drenagem pluvial, bem como diversas facilidades de execução na instalação, adiantando o tempo na obra em geral.

De acordo com o secretário municipal de Infraestrutura, Carlson Gomes, a primeira etapa da obra compreende o trecho entre a ponte de Igapó e a rua Jandira. Ainda segundo ele, a segunda etapa será realizada da rua Jandira até a trincheira debaixo do viaduto da Urbana. E a terceira etapa, será no sentido zona Norte. Ele disse também que a Felizardo Moura ganhará mais uma via, a reversível.


"O cronograma da obra está sendo cumprido sem problemas e estamos com as fases sendo realizadas de acordo com o planejado. Serão beneficiadas em torno de 750 mil pessoas na zona Norte. Os transtornos ocorrerão por serem inevitáveis, mas o município está tentando amenizar ao máximo para que em breve tenhamos uma nova Felizardo Moura. Até porque vai reduzir o tempo de percurso em até 50% e dar fluidez ao trânsito em torno de 30%”, detalha Carlson Gomes.

Cerca de 75 mil veículos circulam diariamente pela via, sendo o local um dos principais corredores de transporte público da cidade. "Vamos promover uma grande requalificação na Felizardo Moura para gerar mais conforto, segurança e melhorar as condições de trafegabilidade na via. Temos um prazo de 18 meses no contrato para concluir os trabalhos, mas vamos nos empenhar para que tudo seja entregue no menor tempo possível. Esse era um serviço esperado e aguardado há muito tempo por todos que a utilizam”, assinala o prefeito Álvaro Dias.


Trânsito

Os motoristas que trafegam pela região precisam ficar atentos aos horários de interdição. Para saída da zona Norte em direção ao Centro, o horário de bloqueio é das 5h às 17h30. Já o bloqueio de acesso à avenida Felizardo Moura, no sentido Centro/zona Norte, acontece das 5h às 19h30, de segunda a sexta-feira. No sábado, o bloqueio inicia às 5h30 e segue até as 15h30.


Nos domingos e feriados a via está com trânsito livre. O primeiro trecho de interdição está entre a ponte de Igapó e a rua Getúlio Vargas, no Bairro Nordeste. Agentes de mobilidade da STTU atuam no local orientando e disciplinando o trânsito na região.




Por Tribuna do Norte

4 visualizações0 comentário
bottom of page