top of page

Palácio dos Esportes chega aos 60 anos

Os dois principais clubes do RN, ABC e América homenagearam a praça esportiva natalense - FOTO: ALEX RÉGIS/ TRIBUNA DO NORTE


O Palácio dos Esportes está completando 60 anos e a data não passará em branco. A Prefeitura de Natal, através da Secretaria Municipal de Esporte Lazer, vai promover neste dia 27 de dezembro, às 9h, uma solenidade alusiva às seis décadas de existência do Palácio dos Esportes Djalma Maranhão.


Além das festividades, os professores Roberto Cabral, Kolberg Luna e Jamilson Martins colheram textos para que as pessoas contem a história do ginásio mais simbólico de Natal através de crônicas que foram publicadas no livro “Memórias do Palácio dos Esportes Djalma Maranhão”.


Durante a programação das festividades desta quarta-feira, serão prestadas homenagens a atletas, dirigentes e artistas que contribuíram para a história de glória da praça esportiva. Nenhum esportista ou membro da cultura que ajudou a enaltecer o nome do Palácio dos Esportes ficará fora dessa festa.


Os organizadores montaram dois grandes painéis, onde foram expostas fotos das pessoas consideradas importantes nesta jornada de 60 anos. Nenhum nome foi esquecido. “Terá esses dois grandes painéis com essas pessoas que foram importantes para a história do Palácio. Neles estarão personagens como Roberto Filinto, Cátia, Keyla, João Filinto, Quincas, Nilson Barrote. Lá no fundo do palácio tem um paredão enorme, com esses dois adesivos, onde iremos homenagear esses grandes desportistas”, disse Beto Cabral.


Com relação ao livro, Beto disse que muitos irão se surpreender com a forma que eles encontraram de contar o que se passou dentro do ginásio com narrativas pessoais dos muitos momentos que as pessoas escolhidas viveram no ginásio.


As homenagens não param de chegar, o presidente Bira Marques do ABC, enviou nota falando sobre a importância dessa data para o esporte potiguar. “O ABC FUTEBOL CLUBE, tradicional e centenária instituição, participante da memória esportiva do Palácio dos Esportes” Djalma Maranhão” desde do seu nascedouro, em 27 de dezembro de 1963. Queremos registrar, com muito orgulho, nossa trajetória gloriosa e inesquecível nessa monumental praça construída pelo visionário prefeito Djalma Maranhão. Externamos nossa gratidão e reconhecimento aos relevantes serviços prestados a nossa capital, a sua serventia multifuncional e que foi o divisor de águas do esporte da cidade, elevando o nome do nosso Estado no cenário interestadual, nacional e internacional. PARABÉNS ao Palácio dos Esportes “Djalma Maranhão”! O América também fez questão de registrar sua homenagem:


“O América Futebol Clube, instituição tradicional também na prática de modalidades desportivas, participa de forma efetiva, ativa e significativa da vida do Palácio dos Esportes. A memória do esporte amador do América tem sido registrada nos anais daquele templo esportivo, aflorando no âmago de cada espectador emoções indeléveis das suas brilhantes equipes de basquetebol, de voleibol e de futebol de salão, tendo esta última conseguido a proeza de se sagrar vice-campeão brasileiro, numa campanha memorável que marcou o ano de 1970. A saga do Palácio dos Esportes foi alavancada pela vontade política do gestor que lhe deu nome. O saudoso alcaide, desportista, professor de educação física e amante das atividades desportivas, ao construir aquele berço esportivo, deixou um legado infinito para o esporte natalense, estabelecendo um marco ora sexagenário, mas que durará para sempre”.



Tribuna do Norte.

3 visualizações0 comentário
bottom of page