top of page

Palmeiras vira em cima do Flamengo e é campeão da Supercopa: 4 a 3


Foto: SERGIO LIMA / STR


Dois anos atrás, Flamengo e Palmeiras decidiram a Supercopa do Brasil no mesmo Mané Garrincha deste sábado. Uma partida de altíssimo nível, das melhores no país nos tempos mais recentes. Mas o mundo estava no meio da pandemia da Covid-19 e as arquibancadas do estádio estavam vazias. Um desperdício que, ainda bem, não se repetiu no novo confronto entre as equipes. Elas fizeram novo jogo eletrizante, daqueles de fazer qualquer um dos 56.065 presentes prender a respiração. O Palmeiras levou a melhor: 4 a 3.


Tecnicamente falando, o jogo talvez não tenha sido tão bom quanto aquele de 2021, vencido pelo Flamengo nos pênaltis depois de 2 a 2 nos 90 minutos. Mas foi bem disputado, nervoso, e com os sistemas ofensivos levando ampla vantagem sobre as defesas. Um problema que se abateu até sobre o sistema defensivo sempre forte de Abel Ferreira. A retaguarda rubro-negra é que realmente deixou a desejar.


Isso não tira em nada o mérito do Palmeiras, que conseguiu ser bem forte no meio de campo. Gabriel Menino fez a diferença, com dois gols, incluindo o da vitória.


Durante o primeiro tempo, com a partida mais estudada, o Palmeiras foi melhor. Mas saiu atrás com um gol de Gabigol. Raphael Veiga empatou e Gabriel Menino fez um golaço para virar a partida e trazer justiça ao placar.


Na volta do intervalo, o rubro-negro entrou disposto a fazer uma blitz atrás do empate. Pressionou tanto que logo conseguiu o empate, com bela assistência de Everton Ribeiro para o gol de Gabigol.


A essa altura, o jogo já tinha se transformado em uma franca trocação. Logo em seguida, o Palmeiras atacou e Everton Ribeiro colocou a mão na bola dentro da área. Raphael Veiga cobrou e fez 3 a 2 para os paulistas.


Não houve tempo de entender o que seria a partida em seguida porque o Flamengo trocou passes com categoria, até que a bola chegou a Ayrton Lucas, que cruzou. Pedro improvisou com extrema categoria e marcou de calcanhar.


Parecia que os times reduziriam o ritmo, mas foi apenas impressão. O Palmeiras cresceu ao colocar Mayke de ponta no lugar de Endrick e deslocar Rony para jogar centralizado no ataque. Quando chegou bem, a bola foi cruzada na área e Gabriel Menino entrou na área para fazer o segundo dele, o quarto do Palmeiras.


Informações Extra

2 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page