top of page

Policial militar morre afogado durante operação na Grande Natal


Foto: Cedida


Um policial militar do Rio Grande do Norte morreu afogado, em serviço, durante uma operação que aconteceu na tarde de quinta-feira (22) no rio Jundiaí em Macaíba, na Grande Natal.


Paulo Fabyanni da Silva Fernandes tinha 40 anos e havia entrado na Polícia Militar em 2001. Ele era 2º sargento e trabalhava na 1ª Companha do 11º Batalhão da PM, sediado no município.

Segundo colegas, a equipe da PM fazia uma campana à procura de traficantes que se esconderam em uma área de mangue e, ao ver os policiais, fugiram a nado pelo rio. Os criminosos abandonaram um bote, na fuga. O sargento se distanciou da patrulha. Ele desconfiou que havia droga dentro do bote, informou aos colegas que sabia nadar e entrou no rio. No entanto, o local era uma área de mangue, ele ficou preso às árvores e lama e acabou se afogando.

O Corpo de Bombeiros foi chamado pelos colegas, que não conseguiram mais contato com o sargento. Ao chegar ao local, os bombeiros já encontraram o homem sem vida. O corpo foi levado até a margem do rio e o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) e a Polícia Civil foram acionados.

"Infelizmente ele assumiu esse risco, ao tentar concluir sua missão. Já soubemos que era um policial bem dedicado e infelizmente acabou acontecendo essa fatalidade", afirmou o delegado de plantão Marcelo Aranha. Em nota, a Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar lamentou a morte do colega.

"Reconhecemos a dedicação e todo empenho em cumprir a justiça, em lutar nos movimentos para melhoria da tropa e pelo excelente policial que foi este guerreiro, que perdeu a sua vida cumprindo a missão e combatendo a criminalidade. Que seja sempre lembrado e honrado por seus feitos e por ter dedicado a sua vida em servir e proteger, mesmo com o risco da própria vida".


G1 RN

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page