top of page

Preço de viagens por aplicativo sobe até 40% na Grande Natal; motoristas temem insegurança


Foto: Arquivo TN


Para a população da Região Metropolitana de Natal, as viagens por aplicativo se tornaram uma das únicas alternativas para realizar o trajeto para o trabalho, e com a alta demanda, esse serviço se torna cada vez mais caro. De acordo com o líder da Associação Voz dos Motoristas Potiguares (Avap-RN), Gilvan Balada, o preço das corridas aumentaram em 30% a 40% desde a sequência de restrições do transporte público, que começou na tarde de terça-feira (14).


"Devido a grande demanda, eles chegam a aumentar em 30 a 40%. Quanto mais distante a corrida e a maior a quantidade de gente, mais caro vai ser." As vezes, o usuário do aplicativo pensa que o motorista regula isso, mas não é o caso", disse Gilvan.


Questionado sobre o benefício do aumento no lucro para os motoristas, o líder da Avap-RN desabafou. Segundo ele, o valor das corridas aumentaram, mas os motoristas temem a insegurança que toma as ruas potiguares e muitos decidiram parar de trabalhar devido à situação. "Mesmo os que estão trabalhando, estão com medo. As contas não esperam, mas estamos tentando nos resguardar o máximo que podemos. Nós só queremos trabalhar em paz", afirma.


De acordo com Gilvan, dois motoristas (dos municípios São Gonçalo do Amarante e Parnamirim) tiveram os próprios carros incendiados por criminosos enquanto trabalhavam. Gilvan também relatou que decidiu encurtar o próprio horário de serviço, temendo ser também vítima da criminalidade. "Eu só vou rodar até às 19h e depois vou para casa. Cadê a segurança? Vão esperar o pior acontecer?", desabafou.

20 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page