top of page

Preço do gás de cozinha reduz R$ 3,15 por 13 quilos

Rio (AE) - A Petrobras anunciou na tarde desta quinta-feira (22), uma nova redução nos preços de venda do de gás liquefeito de petróleo (GLP), mais conhecido como gás de cozinha. O combustível ficará mais barato nas refinarias a partir desta sexta-feira (23). O preço médio de venda para as distribuidoras do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), o gás de cozinha, passará de R$ 4,0265/kg para R$ 3,7842/kg, o equivalente a R$ 49,19 por 13 kg, uma redução média de R$ 3,15 por 13 kg.


Expectativa é que a redução no GLP, anunciada ontem, reflita no preço final ao consumidor.


"Essa redução acompanha a evolução dos preços de referência e é coerente com a prática de preços da Petrobras, que busca o equilíbrio dos seus preços com o mercado, mas sem o repasse para os preços internos da volatilidade conjuntural das cotações e da taxa de câmbio", justificou a petroleira, em nota.

Essa é a segunda redução do preço médio de venda do GLP da Petrobras para as distribuidoras em setembro e a terceira do ano. No último dia 13, o preço médio de venda do gás de cozinha passou de R$ 4,23/kg para R$ 4,03/kg, equivalente a R$ 52,34 por 13kg, com redução média de R$ 2,60 por 13 kg.


Em 9 de abril deste ano, houve redução de R$ 4,48/kg para R$ 4,23/kg, equivalente a R$ 54,94 por 13kg. A redução média refletida foi de R$ 3,27 por 13kg.


Já em março, houve variação, mas para cima. No dia 11 daquele mês o preço médio de venda do GLP para as distribuidoras passou de R$ 3,86/kg para R$ 4,48/kg, equivalente a R$ 58,21 por 13kg e refletindo reajuste médio de R$ 0,62 por kg.

Diesel

Na terça-feira (20), a Petrobras já tinha reduzido em 5,7% o preço médio do litro do diesel A vendido em suas refinarias. Com isso, o valor do combustível caiu R$ 0,30 por litro, de R$ 5,19 para R$ 4,89. Esse foi o terceiro reajuste para baixo no preço do diesel da gestão de Caio Paes de Andrade, iniciada no fim de junho. Antes do anúncio desta manhã, a Petrobras tinha divulgado uma redução de R$ 0,22 por litro em 11 de agosto, um desconto de 4% e, portanto, inferior ao atual. Desde 19 de julho, a Petrobras já fez quatro reduções na gasolina e três no diesel, além de outros produtos.


Por: Tribuna do Norte

21 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page