top of page

Prefeitura de Natal abre licitação para construção de viaduto na Zona Oeste da cidade

A obra de um pontilhão sobre a linha férrea no bairro de Cidade Nova visa minimizar riscos de acidentes e constantes engarrafamentos no local. Inscrições se encerram no dia 24 de julho.



Obra de pontilhão na Zona Oeste de Natal terá duração de 10 meses — Foto: Divulgação / STTU


A prefeitura de Natal abriu prazo nesta terça-feira (27) para as empresas se inscreverem no processo licitatório de construção de um pontilhão sobre linha férrea no bairro de Cidade Nova, na Zona Oeste da capital. As inscrições para obra do viaduto se encerram no dia 24 de julho.


O investimento, que supera R$ 15 milhões, também abrange a reestruturação em vias do bairro, com a implantação de ciclofaixa, restauração de calçadas e melhoria na iluminação, visando promover maior segurança e fluidez ao tráfego. A expectativa da prefeitura é que a obra seja realizada em um período de 10 meses. Segundo a secretária Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), Daliana Bandeira, a obra é considerada uma das mais importantes na área de mobilidade. "Essa é uma demanda antiga na cidade, pelo menos desde 2002, porque há um fluxo muito grande de veículos nessa região. A obra vai reduzir bastante o risco de acidentes e aumentar a segurança viária no local", afirmou Daliana.

O Pontilhão de Cidade Nova ficará no entroncamento da avenida Solange Nunes do Nascimento com a rua Engenheiro João Hélio Alves da Rocha, e será uma espécie de viaduto sobre a linha férrea que divide os bairros de Cidade Nova e Planalto, eliminando a passagem de nível existente hoje.

“A obra vai ser feita de modo que o tráfego de veículos passará por cima e a rede férrea por baixo do pontilhão. A CBTU já aprovou o projeto e apoia a necessidade da construção”, completou a secretária da STTU.

A urgência para realização da obra se dá em virtude dos riscos de acidentes e de constantes engarrafamentos na região. Segundo dados da Secretaria de Mobilidade Urbana, cerca de 17 mil veículos circulam por dia no local.

"Passo todos os dias no cruzamento. Em horários de pico o fluxo é muito maior. Você já sai de casa sabendo que vai enfrentar um engarrafamento. Essa obra é fundamental para a região", falou Alexandre Leite, motorista por aplicativo. O processo licitatório envolve ainda, o trabalho de reestruturação para eliminação dos pontos críticos de tráfego no cruzamento da rua 1º de Maio com a rua Engenheiro João Hélio Alves Rocha.



Com informações do g1 RN

16 visualizações0 comentário
bottom of page