top of page

Prefeitura de Natal entrega nova ala e leitos no Hospital dos Pescadores

Espaço garante mais 18 leitos no Hospec, nas Rocas, melhorando as condições para pacientes e servidores


Orçada em R$ 1,2 milhão, expansão do Hospital dos Pescadores entregou 18 novos leitos à saúde pública de Natal. Foto: Donato Fernandes / Prefeitura do Natal


Uma das unidades de saúde mais importantes da rede pública mantida pela Prefeitura de Natal, o Hospital dos Pescadores, localizado no bairro das Rocas, vem recebendo sucessivos investimentos da gestão municipal com o objetivo de ampliar a sua capacidade de atendimento e melhorar o acolhimento e tratamento dos usuários que ali chegam. Nesta semana, uma nova etapa desse plano foi consolidada, com a entrega de uma nova ala hospitalar, expandindo ainda mais a infraestrutura e os leitos disponíveis no local. O espaço foi inaugurado pelo prefeito Álvaro Dias.


Uma das unidades de saúde mais importantes da rede pública mantida pela Prefeitura de Natal, o Hospital dos Pescadores, localizado no bairro das Rocas, vem recebendo sucessivos investimentos da gestão municipal com o objetivo de ampliar a sua capacidade de atendimento e melhorar o acolhimento e tratamento dos usuários que ali chegam. Nesta semana, uma nova etapa desse plano foi consolidada, com a entrega de uma nova ala hospitalar, expandindo ainda mais a infraestrutura e os leitos disponíveis no local. O espaço foi inaugurado pelo prefeito Álvaro Dias.


Com uma área construída de 385,62 m² e um investimento total de R$ 1,2 milhão, a expansão marca um avanço significativo na infraestrutura de saúde no local. A nova ala conta com 18 novos leitos de enfermaria com banheiro e acessibilidade, além de sala de estabilização, posto de enfermagem, depósito de material de limpeza, expurgo, almoxarifado, copa e acesso direto ao laboratório.


“Sabemos da importância do Hospital dos Pescadores para toda a rede do Município, pois aqui são realizados procedimentos em diversas especialidades e, agora, a nova ala vai melhorar as condições de atendimento, acolhimento e internação dos pacientes. Como médico, sei do impacto que os investimentos permanentes produzem na melhoria da nossa rede pública municipal de saúde e não mediremos esforços para melhorar as condições para a população e também de trabalho dos nossos profissionais de saúde, pensando sempre em um atendimento de excelência para nossos usuários”, destacou o prefeito Álvaro Dias.


O Hospec é visto como uma unidade estratégica para a rede pública municipal de Natal. Desde a pandemia do novo coronavírus, a unidade vem recebendo constantes melhorias e se estabelecendo com uma das que mais recebe pacientes. Com uma grande atenção da gestão do prefeito Álvaro Dias, o local que antes contava com apenas 12 leitos, agora possui 50 clínicos e outros 10 de Unidades de Tratamento Intensivo, além de sala de recuperação anestésica e UTI Vascular.


O paciente que é acolhido no Hospital dos Pescadores recebe um atendimento diferenciado, contando com apoio de médicos de diversas especialidades, enfermeiros, técnicos, nutricionistas, fisioterapeutas, bem como profissionais de outras áreas da saúde, atuando de forma integrada. “São realizados de 6 mil a 8 mil atendimentos mensais, só aqui no Hospital dos Pescadores. É possível dizer que o Hospec é um antes e outro depois da atual gestão municipal.


Nossa equipe de profissionais é do mais alto nível e o índice de satisfação dos pacientes é alto. Vamos seguir com esse ritmo de trabalho para oferecer o melhor para a população de Natal”, pontuou o secretário municipal de Saúde, George Antunes, que inaugurou a nova ala do Hospec ao lado do prefeito.


Unidade é referência em cirurgias vasculares

Uma das grandes deficiências do sistema de saúde público de Natal é a falta de leitos especializados para a realização de cirurgias vasculares, especialmente as ligadas aos pacientes diabéticos. Essa lacuna foi preenchida há quase dois anos, com o início dos serviços do centro cirúrgico exclusivo para atender a pacientes vasculares.


Até o momento, já foram realizados 386 procedimentos do tipo na unidade. A capacidade de atendimento do espaço é para atender de seis a oito pacientes por semana. Essa foi a primeira sala de cirurgia vascular da rede pública de saúde em Natal.


“Existia uma fila enorme para a realização de cirurgias vasculares em Natal. Era realmente uma questão muito penosa. Muitos pacientes morriam ou desenvolviam complicações em virtude na demora no atendimento, mas essa é uma realidade que, felizmente, já não existe mais. Disponibilizamos um serviço de excelência que vem fazendo diferença na vida da população”, aponta o prefeito Álvaro Dias.


No Hospec, são realizadas cirurgias de pequena e média complexidade nos usuários do sistema público de saúde de Natal, tanto aqueles acolhidos pelo pronto-atendimento do hospital, quanto os pacientes regulados de outras unidades. A qualidade do atendimento na unidade acaba atraindo pacientes de outras partes do Estado.


De acordo com números da direção da unidade, a cada 10 pacientes que buscam os serviços do local quatro são oriundos da Região Metropolitana e do interior do Rio Grande do Norte. “Não vamos deixar de atender ninguém que chega aqui, mas não podemos esconder a realidade de que a rede pública da capital potiguar está atuando acima da sua capacidade em virtude desse problema. É fundamental existir uma cooperação por parte dos Municípios e dos demais entes federativos para evitarmos uma sobrecarga na rede, culminando na piora da prestação do serviço”, relata o diretor do Hospec, Edney Agra.



Agora RN.

3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page