Primeiro trimestre de 2022 teve volume de chuvas 12,6% acima da média no RN



Finalizado o mês de março, o balanço das chuvas no Rio Grande do Norte no primeiro trimestre de 2022 foi de 12,6% acima da média. O sistema de monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) registrou o volume médio observado no período de 326,5 milímetros (mm), enquanto que o esperado era de 289,9mm. A região que mais recebeu carga d'água foi a Central, com o volume de 304,2mm.


Os municípios com maiores volumes no período foram Campo Grande, com 808mm, seguido de Poço Branco, 741,6mm, e São Francisco do Oeste, com 736mm - todos já com chuvas acima do esperado para o ano todo. “Como anunciado, as condições metereológicas se confirmaram, sendo muito favoráveis para a ocorrência de chuvas no estado neste primeiro trimestre, especialmente em janeiro, estação pré-chuvosa”, comentou o meteorologista Gilmar Bristot.

Até esta sexta-feira (1º), o sistema mostra que 129 dos 167 municípios do estado encontram-se nas categorias normal, chuvosa ou muito chuvosa. Esse total representa 77,25% das cidades potiguares. “A região de Currais Novos é uma das poucas regiões com volumes abaixo do normal até o mês de março”, disse Bristot.

Balanço de março

No primeiro mês da estação chuvosa no semiárido potiguar choveu 24,5% acima do volume esperado no Rio Grande do Norte, com 191.3mm observados, enquanto que o esperado era de 153.6mm. “A atuação da Zona de Convergência Intertropical na região Nordeste e no RN foi um dos principais fatores para os bons volumes de chuva neste mês de março”, explicou Bristot.

Os municípios com maiores volumes neste mês, por região, foram Poço Branco, no Agreste Potiguar, com 465,6 mm; São Francisco do Oeste, no Oeste Potiguar, com 434,1 mm, Parnamirim, na região Leste, com 408,6 mm, e Serra do Negra do Norte, na região Central, com 330,4 mm.

Previsão meses de abril, maio e junho de 2022

De acordo com as análises, a previsão para os meses de abril, maio e junho de 2022 é de volumes dentro da média esperada ou acima dela. Os volumes médios esperados, por região, são os seguintes: Leste Potiguar, com 478,8mm; Oeste Potiguar, com 323mm; Agreste Potiguar, com 278,9mm; e Central, com 215,9mm.

Chuvas no primeiro trimestre de 2022

(volumes médios observados- meses janeiro, fevereiro e março)


Oeste-397,5mm

Central-304,2mm

Agreste Potiguar-228,5mm

Leste Potiguar- 298,6mm

Estado- 326,3mm


Chuvas no mês de março de 2022


Oeste- 225,4 mm

Leste- 238,7 mm

Agreste- 160,5 mm

Central- 143,7 mm

Estado- 191,3 mm

10 visualizações0 comentário